Sábado, 05 de Dezembro de 2020 10:06
(92) 99183-2565
Internacional Eleições Americanas

Após “reconhecer” vitória de Biden, Trump volta a afirmar que venceu

Presidente americano havia reconhecido, no domingo (15/11), a vitória do adversário Joe Biden, com a ressalva de que ele "fraudou" a eleição

16/11/2020 16h27
103
Por: Fernanda Souza Fonte: Metrópoles
Reprodução
Reprodução

O presidente norte-americano, Donald Trump, voltou a afirmar, em uma rede social, que venceu a eleição dos Estados Unidos. Isso, depois de “reconhecer” a vitória do democrata Joe Biden, em publicação no Twitter. A rede social, por sua vez, voltou a colocar alertas de fake news nos tuítes de Trump.

Na publicação desta segunda-feira (16/11), na qual Trump diz que venceu, o Twitter argumenta que “fontes oficiais afirmam que o resultado da eleição foi diferente”.

Mesmo reconhecendo, Trump declara, sem provas, que Biden é responsável por fraudar o pleito. Segundo ele, os votos foram tabulados por uma empresa chamada Dominion, que produz sistemas eletrônicos de votação, e disse que a companhia tem “má reputação e equipamento ruim”.

Na terça-feira da semana passada (10/11), o procurador-geral dos Estados Unidos, William Barr, autorizou procuradores federais a buscarem “alegações substanciais” de irregularidades na eleição, Trump, no mesmo dia, ordenou às agências do governo que bloqueassem a cooperação com a equipe de transição de Joe Biden.

Segundo o Estadão, Trump afirmou que não reconheceria a derrota até que a eleição do democrata fosse confirmada pela Administração de Serviços Gerais (GSA), a agência que oficialmente inicia a transição. A administradora da GSA, Emily Murphy, é nomeada política de Trump.

Corroborando com o argumento de Trump, o secretário de Estado, Mike Pompeo, afirmou que haverá um novo mandato republicano:

“Haverá uma transição tranquila para um segundo governo Trump — estamos prontos. O mundo está assistindo ao que está acontecendo. Vamos contar todos os votos e, quando o processo estiver encerrado, teremos um vencedor. O mundo deve ter confiança de que a transição necessária para que o Departamento de Estado continue funcionando bem também será bem-sucedida com o presidente que tomará posse em 20 de janeiro.”

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Manaus - AM
Atualizado às 10h58 - Fonte: Climatempo
30°
Poucas nuvens

Mín. 23° Máx. 33°

34° Sensação
11 km/h Vento
70% Umidade do ar
67% (15mm) Chance de chuva
Amanhã (06/12)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 23° Máx. 31°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Segunda (07/12)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 24° Máx. 30°

Sol com muitas nuvens e chuva