Apa Móveis/Pneu Forte - 728x90
Fiscalização

Hope Bay Park é denunciado novamente por propaganda enganosa

O motivo é uma provável violação do Código de Defesa do Consumidor (CDC) pela empresa após veiculação de suposta publicidade enganosa em página de internet da empresa e na rede social Facebook.

30/09/2019 11h58
Por: Jéssyca Lorena
Fonte: Blog do Mário Adolfo
206
Divulgação
Divulgação

A Secretaria Municipal de Defesa do Consumidor e Ouvidoria (Semdec), por meio do Procon Manaus, instaurou mais um procedimento administrativo contra o parque aquático Hope Bay Park, localizado no Tarumã-Açu, na zona Oeste, na quinta-feira, 26/9. O motivo é uma provável violação do Código de Defesa do Consumidor (CDC) pela empresa após veiculação de suposta publicidade enganosa em página de internet da empresa e na rede social Facebook.ProcinA fiscalização do Procon Manaus observou que é oferecida uma oferta de um plano familiar para seis pessoas por R$ 46 mensais (sendo a sexta pessoa isenta), que na verdade é o valor individual para cada consumidor do plano, totalizando R$ 230 mensais pela adesão. “Neste caso, a publicidade tenta enganar o consumidor ao destacar o valor de R$ 46, induzindo-o ao erro. O que pode influenciar o cliente a comprar um serviço que é bem mais caro do que o preço que aparece em destaque no site e na rede social. Isso não iremos permitir e recebemos centenas de denúncias sobre o parque, o que motivou a abertura desses dois procedimentos administrativos sancionatórios”, disse o secretário interino da Semdec, Rodrigo Guedes.

No último dia, 20/8, o Procon Manaus já havia instaurado um procedimento administrativo contra o parque aquático Hope Bay Park. O motivo foi uma suposta violação do Código de Defesa do Consumidor (CDC) pela empresa após veiculação de publicidade enganosa e descumprimento de oferta pela dificuldade de alguns consumidores de cancelarem a adesão a uma promoção após os sete dias de gratuidade oferecidos na época pelo parque.

A direção do parque tem 10 dias para apresentar defesa junto ao Procon Manaus. Após a apresentação das alegações, o processo administrativo segue para a análise das provas e o parque pode sofrer as penalizações e as sanções previstas na legislação que regulamenta essa área.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.