domingo, 18 de novembro de 2018
(92) 99183-2565
Esportes

08/11/2018 ás 18h19

110

Jéssyca Lorena

Manaus / AM

Atleta morre vítima de síndrome rara e liga sinal de alerta sobre a doença
Samantha Scott era competidora de remo nos Estados Unidos
Atleta morre vítima de síndrome rara e liga sinal de alerta sobre a doença
Divulgação

A atleta universitária Samantha Scott, de 23 anos, morreu de maneira repentina após contrair uma rara infecção bacteriana, conhecida no meio médico como 'doença esquecida'. A jovem, que praticava remo pela Universidade do Estado do Kansas, nos Estados Unidos, começou a se sentir mal na segunda quinzena de outubro, queixando-se de fortes dores de garganta, porém, acreditava se tratar de uma amidalite. Após sua morte, no dia 27 de outubro, os médicos descobriram que a paciente desenvolveu a síndrome de Lemierre.


Segundo o Centro de Informações sobre Doenças Genéticas e Raras do National Institutes of Health, a doença começa na garganta causando dor, febre, seguido de inchaços na região do pescoço. Em seguida, o tecido infectado se move para outros órgãos, incluindo os pulmões. Acredita-se que a síndrome se desenvolva por meio de uma bactéria comum encontrada na garganta de pessoas saudáveis, como no caso de Samantha.


A doença ligou sinal de alerta na universidade. A família da atleta iniciou uma campanha na Internet para cobrir as despesas médicas e funerárias. Os parentes também estão procurando iniciar um fundo de bolsas de estudos em nome da jovem que será voltado para a equipe de remo da Universidade do Estado de Kansas.


"Sam era conhecida por sua visão positiva da vida e seu sorriso contagiante", escreveu a família no GoFundMe. "Aqueles que a conheceram de perto são capazes de falar em profundidade sobre sua personalidade extrovertida e capacidade de animar qualquer pessoa", afirmou sua mãe.

FONTE: O Dia

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados