Publicidade

Sobrinho de Marcola, líder do PCC, é preso

Ele é considerado um dos novos líderes do grupo criminoso.

24/04/2024 às 15h32 Atualizada em 02/05/2024 às 21h55
Por: Portal Holofote Fonte: Am Post
Compartilhe:
Sobrinho de Marcola, líder do PCC, é preso

Na manhã desta quarta-feira (24), foi preso em Itajaí, Santa Catarina, Leonardo Alexander Ribeiro Herbas Camacho, sobrinho de Marcola, líder da organização criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC) que está preso, condenado a mais de 300 anos de prisão. Leonardo estava morando em Santa Catarina e, segundo a polícia, gerenciava negócios ligados ao jogo do bicho, tráfico de drogas e de armas no Ceará. Ele é considerado um dos novos líderes da facção.

A investigação que resultou na prisão do sobrinho de Marcola foi conduzida no Ceará. Durante a operação deflagrada nesta terça, chamada de Primma Migratio, foram cumpridos mandados no Ceará, São Paulo, Santa Catarina e Mato Grosso. Entre os presos estão dois policiais militares cooptados pelos criminosos. O grupo teria movimentado mais de R$ 300 milhões nos últimos anos, boa parte para corromper servidores públicos.

Em Santa Catarina, a Força Integrada de Combate ao Crime Organizado vai apurar se Leonardo Alexander Ribeiro Herbas Camacho vinha mantendo negócios no Estado ou tinha escolhido Itajaí para fugir da Justiça.

O sobrinho de Marcola estava morando em um apartamento alugado de alto padrão, de três quartos, sem qualquer característica que chamasse atenção.

Leonardo foi levado pelos policiais ao Complexo Prisional da Canhanduba e está isolado.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
°

Mín. ° Máx. °

° Sensação
km/h Vento
% Umidade
% (mm) Chance de chuva
20h00 Nascer do sol
20h00 Pôr do sol
Qui ° °
Sex ° °
Sáb ° °
Dom ° °
Seg ° °
Atualizado às 20h00
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,20 0,00%
Euro
R$ 5,62 -0,03%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,50%
Bitcoin
R$ 374,974,50 +0,80%
Ibovespa
122,707,28 pts -0.87%
Publicidade