Publicidade

Nesta sexta-feira, Governo do Amazonas paga valores descontados por faltas e reafirma compromissos com a Educação

Governador também já enviou à Aleam mensagem governamental com reajuste de 8%.

14/06/2023 às 19h36
Por: Portal Holofote Fonte: Secom
Compartilhe:
Divulgação
Divulgação

O Governo do Amazonas, dando continuidade aos acordos firmados com os profissionais da Educação, paga nesta sexta-feira (16/6) os valores descontados dos contracheques dos servidores que faltaram às atividades escolares durante a greve, considerada ilegal pela Justiça estadual. A nova folha de pagamento já foi processada pela Secretaria de Estado de Administração (Sead).

A medida reforça o compromisso assumido pelo governador Wilson Lima, em coletiva de imprensa no dia 1º de junho, quando anunciou o reajuste de 8% da data-base dos 33.168 trabalhadores da rede estadual de Educação do Amazonas. 

Na ocasião, o governador também anunciou o reajuste de 18,42% no valor do auxílio-transporte, e o pagamento de progressões verticais para 2.225 professores e pedagogos, que serão feitas por decreto governamental.

Na última quarta-feira (07/06), o Governo do Amazonas enviou à Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) a mensagem governamental com o reajuste de 8% no salário da categoria e garantindo a concessão de Regime Complementar para secretários escolares e coordenadores distritais e regionais. 

De acordo com o Projeto de Lei, o reajuste dado a título de data base, referente a 2022, será concedido aos servidores da Seduc, integrantes dos grupos ocupacionais do Magistério, de Profissionais de Nível Superior, Médio e Fundamental, a contar retroativo de 1º de março de 2023.

Outra medida prevista na mensagem à Aleam é promover a alteração do dispositivo que enumera os servidores que poderão trabalhar em regime complementar, até no máximo 40 horas semanais, de acordo com a necessidade. Neste caso, os servidores receberiam vencimento proporcional à carga horária trabalhada adicional.

Avanço

Com o reajuste da data-base concedida pelo Governo do Amazonas, a remuneração de docentes em final de carreira, que passarem para a categoria "H", com Doutorado, pode chegar a R$ 16.040,24, enquanto aqueles que possuem Mestrado, em igual situação, receberão até R$ 10.596,23, somando o salário aos auxílios transporte e alimentação.

Nos últimos quatro anos, foram concedidas progressões a mais de 20 mil educadores, das quais 5,5 mil foram verticais e 14,9 mil horizontais.

 
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
°

Mín. ° Máx. °

° Sensação
km/h Vento
% Umidade
% (mm) Chance de chuva
20h00 Nascer do sol
20h00 Pôr do sol
Qui ° °
Sex ° °
Sáb ° °
Dom ° °
Seg ° °
Atualizado às 20h00
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,40 -0,13%
Euro
R$ 5,84 -0,14%
Peso Argentino
R$ 0,01 -0,15%
Bitcoin
R$ 390,846,10 +0,08%
Ibovespa
119,936,02 pts -1.4%
Publicidade