Publicidade

'Governo repete 2020, liberando auxílio assim que for possível', destaca Guedes

Guedes citou ainda o diferimento fiscal das empresas listadas no Simples por três meses no valor de R$ 27 bilhões

30/03/2021 às 13h58 Atualizada em 30/03/2021 às 14h03
Por: Fernanda Souza Fonte: O Dia
Compartilhe:
Reprodução
Reprodução

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse nesta terça-feira, 30, que, diante continuidade da pandemia do coronavírus, o governo, por meio do seu ministério, repetiu o protocolo de 2020. Ele lembrou que foi liberado o auxílio emergencial assim que foi aprovada a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) Emergencial e que foi antecipado o abono salarial.

"E vamos antecipar os benefícios dos aposentados", comentou o ministro.

Guedes citou ainda o diferimento fiscal das empresas listadas no Simples por três meses no valor de R$ 27 bilhões.

"Temos que renovar o BEm [Programa Emergencial de Manutenção do Emprego e da Renda que preservou 11 milhões de empregos", acrescentou Guedes.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
°

Mín. ° Máx. °

° Sensação
km/h Vento
% Umidade
% (mm) Chance de chuva
20h00 Nascer do sol
20h00 Pôr do sol
Qui ° °
Sex ° °
Sáb ° °
Dom ° °
Seg ° °
Atualizado às 20h00
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,15 +0,61%
Euro
R$ 5,58 +0,30%
Peso Argentino
R$ 0,01 -0,16%
Bitcoin
R$ 381,496,12 +0,40%
Ibovespa
125,605,68 pts -1.42%
Publicidade