Quarta, 02 de Dezembro de 2020 11:04
(92) 99183-2565
Política Anúncio

Governo de Wilson Lima fala do 13º como se fosse vitória e não obrigação

Em 2019, pela primeira vez na história recente do funcionalismo público estadual do Amazonas, os servidores passaram o Natal e Ano Novo sem receber o salário de dezembro.

22/11/2020 07h54 Atualizada há 1 semana
1.398
Por: Portal Holofote Fonte: Portal Holofote
Arquivo/Internet
Arquivo/Internet

Ao anunciar que vai injetar certa de R$ 1,2 bilhão na economia, no próximo mês, com o pagamento da segunda parcela do 13 salário dos servidores públicos estaduais, nos dias 15 e 16; com o pagamento do salário referente a novembro; e com a antecipação do salário de dezembro, que será efetuado nos dias 28 e 29, o governo de Wilson Lima faz parecer que o pagamento do 13º salário é uma vitória e não uma obrigação do Governo do Estado.

Vale lembrar que em 2019, pela primeira vez na história recente do funcionalismo público estadual do Amazonas, os servidores passaram o Natal e Ano Novo sem receber o salário de dezembro. O anúncio foi feito pelo próprio governador Wilson Lima (PSC).

A falta de pagamento gerou uma série de protestos por parte de inúmeras categorias.

Impeachment

Diante da crise instalada no governo e de investigações da Polícia Federal sobre supostos desvios de verbas destinadas ao combate do novo coronavírus, Wilson Lima foi alvo de um novo pedido de impeachment por improbidade, desta vez protocolado pelo Conselho Regional de Economia do Amazonas (Corecon-AM) e Conselho Regional de Administração do Amazonas (CRA-AM).

A informação foi publicada nesta quarta-feira pelo jornal Diário do Amazonas. O presidente do Corecon, Francisco Mourão Junior, disse que a denúncia apresentada terça-feira, reforça outro pedido de impeachment protocolado em maio. “Acrescentamos novas informações reveladas com a deflagração da Operação Sangria 2, em outubro”, explicou.

Com base nas declarações, os representes dos conselhos defendem o afastamento do chefe do Executivo. “É incontestável os fatos apresentados e a permanência do governador no cargo de Chefe do Executivo Estadual do Amazonas é algo impensável e insustentável mediante todas as acusações e provas. O Amazonas agoniza na mão de gestores corruptos, inescrupulosos. Os cidadãos desta terra não conseguem mais conviver com tamanha falta de seriedade, honestidade e comprometimento”, afirmam no documento.

O pedido de impeachment de Wilson Lima cita o depoimento dado ao delegado da Polícia Federal (PF) Alexandre Montenegro de Albuquerque, da Delegacia de Repressão a Corrupção e Crimes Financeiros, pelo ex-secretário Rodrigo Tobias, revelando que, em 3 de abril (à noite), ele se encontrou com o governador no Aeroporto de Manaus para receber uma carga de respiradores vindo do Rio de Janeiro.

O CRA-AM e o Corecon pedem a instauração do processo de impeachment do governador em razão da “farta comprovação da prática de crime de responsabilidade e improbidade administrativa”.

“Ao final, sendo respeitado o amplo direito de defesa e contraditório, que seja o Excelentíssimo Senhor Governador do Estado do Amazonas, Wilson Miranda Lima condenado, politicamente, sendo declarado seu necessário impeachment para continuar exercendo a Chefia do Executivo do Estado do Amazonas, reconhecendo-se, assim, os comprovados motivos apontados nesta inicial, para o efeito de colocar fim a situação caótica, vexatória, vergonhosa em que se encontra o Estado que deixa todos os cidadãos descrentes em relação aos poderes que regem a Republica Brasileira, que a tão sonhada justiça seja feita e que o Estado do Amazonas saia da lama em que está afundado e que essa Casa, que representa os anseios da população do Amazonas, possa dar a resposta que a sociedade espera!”, diz o documento.

Em agosto, a Assembleia Legislativa do Amazonas (ALE) arquivou, por 12 votos a favor, 6 votos contra e 5 abstenções o pedido de impeachment do governador do Estado Wilson Lima (PSC) e do vice-governador Carlos Almeida Filho. Um parlamentar não participou da sessão.

com informações do D24AM

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Bastidores do Poder
Sobre Bastidores do Poder
É uma coluna do Portal Holofote que publica assuntos sobre Política, Justiça e Economia.
Manaus - AM
Atualizado às 12h03 - Fonte: Climatempo
31°
Nuvens esparsas

Mín. 23° Máx. 32°

35° Sensação
9 km/h Vento
66% Umidade do ar
83% (15mm) Chance de chuva
Amanhã (03/12)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 24° Máx. 30°

Sol com muitas nuvens e chuva
Sexta (04/12)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 23° Máx. 32°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.