CAMPANHA SANEAMENTO MAUÉS
Crise

Torcedores se unem para pagar salários atrasados no Botafogo

Medida visa acalmar o conturbado ambiente do time, que se aproxima da zona de rebaixamento no Brasileirão

06/11/2019 13h02
Por: Jéssyca Lorena
Fonte: Extra
129
Divulgação
Divulgação

A crise financeira que atravessa o Botafogoparece não ter fim. O clube convive com salários atrasados há meses e o desempenho no futebol começa a refletir os problemas extra-campo. Em queda livre na tabela de classificação do Brasileirão, o time recebeu uma ajuda inusitada para sanar pelo menos parte do problema de salários atrasados. Um grupo de torcedores se juntou para ajudar a pagar do próprio bolso a folha de setembro e metade da de agosto. A informação foi publicada pelo portal carioca Extra.

O aporte, porém, foi condicionado à saída de dois dirigentes do clube: Gustavo Noronha, vice-presidente de futebol, e Luiz Fernando Santos, vice executivo. No caso de Noronha, o substituto deve ser Ricardo Rotenberg. A tendência é que a vice-presidência executiva seja acumulada pelo presidente do Glorioso, Nelson Mufarrej.

Quem também deixou a diretoria do Botafogo foi Ricardo Wagner, presidente do Conselho Fiscal do clube. Segundo ele, a saída do cargo faz parte do início de um projeto de “despolitização” do Botafogo.

Perigosamente perto da zona de rebaixamento, o time comandado por Alberto Valentim tem uma pedreira pela frente na 31ª rodada do Brasileirão: o alvinegro, que não vence há três rodadas, enfrenta o líder isolado Flamengo, equipe que não perde há três meses. As equipes se enfrentam nesta quinta-feira (07/11/2019), às 20h, no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.