Campanha Governo Modernização
Previdência

Bolsonaro dá palavra final sobre reforma de militares

Projeto para modificar regras previdenciárias de integrantes das Forças Armadas será apresentado amanhã na íntegra ao presidente

19/03/2019 18h32
Por: Jéssyca Lorena
Fonte: O Dia
139
Reprodução
Reprodução

O presidente Jair Bolsonaro dará, nesta quarta-feira, a palavra final sobre a proposta de reforma previdenciária de militares das Forças Armadas. O envio do projeto ao Congresso Nacional, que deve acontecer no fim do dia de amanhã, é uma das 'exigências' feitas por aliados do governo e do próprio presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), para que a PEC 6/2019 da Reforma da Previdência (de trabalhadores do setor privado e servidores públicos civis) avance no Parlamento.

Pela manhã desta terça-feira, o vice-presidente Hamilton Mourão declarou que a reforma dos militares deverá gerar uma economia de R$ 13 bilhões em 10 anos. O número, no entanto, ainda não está confirmado pela União.

Ainda segundo Mourão, a proposta deve estabelecer que, em dois anos, os militares paguem alíquota de 14%, sendo 10,5% de contribuição para aposentadoria mais 3,5% para plano de saúde. O vice-presidente afirmou ainda que que haverá elevação na alíquota do fundo de pensão, passando de 7,5% para 10,5%.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Manaus - AM
Atualizado às 08h34
26°
Alguma nebulosidade Máxima: 32° - Mínima: 24°
28°

Sensação

4 km/h

Vento

84%

Umidade

Fonte: Climatempo
Municípios
Apa Móveis - 300x250
Últimas notícias
Mais lidas