Sexta, 17 de agosto de 2018
(92) 99183-2565
Brasil

17/05/2018 ás 19h48

261

/

Sargento da PM e mais cinco suspeitos são presos na Operação 'Luz na Infância 2'
De oito mandados de busca e apreensão previstos na capital, seis foram cumpridos em zonas distintas da cidade
Sargento da PM e mais cinco suspeitos são presos na Operação 'Luz na Infância 2'

Seis indivíduos foram presos em flagrante na segunda fae da Operação ‘Luz na Infância’ deflagrada pela Polícia Civil do Amazonas na manhã desta quinta-feira, 17/05. A operação foi desencadeada simultaneamente em 24 estados do País, e no Distrito Federal, e teve por objetivo apurar crimes de pornografia infantil com o intuito de combater a pedofilia em todo o Brasil.


Em Manaus, a operação foi deflagrada por volta das 6h, sob o comando do delegado-geral da instituição, Mariolino Brito; diretor do Departamento de Polícia Metropolitana (DPM), delegado Geraldo Eloi, e delegada Joyce Coelho, titular da Depca. De oito mandados de busca e apreensão previstos na capital, seis foram cumpridos em zonas distintas da cidade.


De acordo com a polícia, foi montada uma força-tarefa envolvendo 24 estados e mais o Distrito Federal, coordenada pelo Ministério Extraordinário da Segurança Pública (MESP), para o desencadeamento da segunda fase da operação “Luz na Infância”.


Durante a operação foram presos o primeiro sargento da Polícia Militar do Estado Laurisvaldo Tavares de Souza, 52, no bairro Petrópolis, zona sul; o vigilante Alan Silva de Lima, 50, preso no bairro Nossa Senhora das Graças, zona centro-sul; e o autônomo Celso de Oliveira Ramos Júnior, 41, preso no bairro Cidade Nova, zona norte da capital.


Já o designer Adriano Jorge Xavier de Carvalho, 36, foi preso no bairro Nossa Senhora das Graças, zona centro-sul; o autônomo Natanael Gomes Braga, 29, no bairro Jorge Teixeira, zona leste; e o técnico em Refrigeração Alex Teixeira Monteiro, 22, no bairro Morro da Liberdade, zona sul.


Materiais apreendidos – Ao longo da operação foram apreendidos computadores, notebooks, gabinetes de computadores de mesa, conhecidos como “CPU”, aparelhos celulares, HDs externos, pen drives, CDs, além de cartões de memória, onde estão armazenados os conteúdos ilícitos. Os itens foram periciados por peritos do Instituto de Criminalística (IC).


Flagrantes – Os seis infratores foram autuados em flagrante por armazenamento, disponibilização, troca, transmissão e distribuição de pornográfica infantil, crime previsto no Artigo 241-B do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). Além desse crime, o policial militar também responderá pelo crime previsto no Artigo 241-A do ECA, que inclui a transmissão de conteúdo pornográfico de crianças e adolescentes.


A delegada irá arbitrar fiança para Alan, Celso, Adriano Jorge, Natanael e Alex. Caso o valor estipulado não seja pago pelos infratores, os cinco, assim como o policial militar, serão conduzidos para Audiência de Custódia.

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados