Quinta, 21 de fevereiro de 2019
(92) 99183-2565
Política

05/02/2019 ás 13h16

463

Jéssyca Lorena

Manaus / AM

Wilson Lima diz que Estado vive maior crise da história e anuncia medidas
Na ALE, governador prometeu reforma administrativa 'séria e profunda' e falou em rever política tributária para atrair investimentos
Wilson Lima diz que Estado vive maior crise da história e anuncia medidas
Euzivaldo Queiroz

Na leitura da mensagem governamental na Assembleia Legislativa, o governador do Estado, Wilson Lima, garantiu que irá promover uma reforma administrativa “séria e profunda”, rever a política tributária para abrir caminho para investimentos e repactuar contratos de fornecedores. De acordo com ele, o Estado vive a mais grave crise financeira de sua história.


A mensagem lida pelo governador abre os trabalhos parlamentares na Assembleia Legislativa. Na ocasião, mesmo fazendo um diagnóstico preocupante sobre a atual situação do Amazonas, ele afirmou que está trabalhando para reverter o cenário. “Essa crise é fruto da completa falta de planejamento e desrespeito com o dinheiro público. Mas fui eleito para, junto com uma equipe técnica competente, mudar o caminho que o Amazonas vinha seguindo”, afirmou ele, ressaltando que “não é simples mudar o status quo porque tira viciados de sua zona de conforto”.


Um dos pontos abordados pelo governador foi o investimento na Saúde. De acordo com ele, o Estado investe 20% de seu orçamento na área, mas o “investimento não se reverte em qualidade para o cidadão”. Segundo Wilson, não há controle sobre a execução dos serviços realizados. Ele afirmou que, em 15 anos, o número de cooperativas que prestam serviços para a Saúde saltou de 15 para 230 e mais de um terço dos pagamentos a estas empresas não possuem cobertura contratual. “O déficit foi se acumulando, apesar de todas as dificuldades que se apresentam, temos coragem para enfrentar esses entraves.  Vamos tornar, esse é meu compromisso pessoal e de governo, o sistema de saúde transparente, eficiente e automático”, afirmou o governador.


O governador pediu, ainda, a “sensibilidade dos deputados para encontrar os caminhos para quitar os débitos da Saúde”.  “Não podemos olhar para a frente sem olhar para o passado. É minha prioridade e vou fazer isso. Os prestadores de serviço cumprem seu papel e não é justo que sejam penalizados”, destacou, afirmando que o pagamento de janeiro será feito de forma integral às empresas terceirizadas.


Reforma


Wilson Lima também prometeu fazer uma reforma administrativa “séria e profunda”, diminuindo gastos e aumentando a eficiência do Estado. “Vamos focar na atração de investimento da indústria de fármacos e cosméticos, na produção de óleo e gás natural, na piscicultura, no agronegócio, na mineração, ao extrativismo e ao turismo”, elencou ele, falando também na criação de mecanismos fiscais de incentivo ao pequeno e médio empreendedor.


Segurança pública


Para a segurança pública, Wilson Lima  prometeu ‘sufocar’ o narcotráfico, a criação da Junta de Amparo Aos Policiais e a ampliação do patrulhamento da Ronda Ostensiva Cândido Mariano (Rocam) com o uso de motos. Ele anunciou, ainda, um reforço no armamento, trocando as pistolas usadas hoje, de calibre .40, por 9 milímetros. Segundo o governador, a aquisição será feita com verbas do Estado e também a partir de doações do governo federal.


“Temos muito trabalho a fazer em todas as áreas e os projetos estão começando a ganhar forma. Essa soma de esforços de todos é muitoimportante”, afirmou Wilson Lima.

FONTE: A Crítica

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados