Sexta, 19 de outubro de 2018
(92) 99183-2565
Geral

21/09/2018 ás 15h11

74

Jéssyca Lorena

Manaus / AM

CIN-AM recebe prêmio nacional por projetos de consultoria a empresários
. O CIN-AM recebeu um prêmio de reconhecimento pela participação no programa que, hoje, está sob coordenação do Ministério da Indústria
CIN-AM recebe prêmio nacional por  projetos de consultoria a empresários
Reprodução

Representantes do Centro Internacional de Negócios do Amazonas (CIN-AM), da Federação das Indústrias do Estado (Fieam), participaram, em Brasília, do 1° Workshop ‘Rota Global’. O CIN-AM recebeu um prêmio de reconhecimento pela participação no programa que, hoje, está sob coordenação do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (Mdic).


O gerente do CIN-AM, Marcelo Lima, destaca que a recompensa que as federações participantes do Rota Global receberam da Confederação Nacional da Indústria (CNI) é resultado do êxito obtido na primeira fase de execução do programa, antes coordenado pela CNI.


“No Amazonas, 17 empresas foram selecionadas pela nossa equipe. A primeira fase do Rota Global  consistia na   análise do perfil empresarial, onde foram feitos os levantamentos das características e objetivos da empresa com foco na internacionalização”, explica o gerente.


Continuidade


Marcelo ressalta que mesmo com a transferência de governança do programa, ele não terá sua continuidade afetada. “Daremos andamento ao Rota Global no Amazonas. Continuaremos com a assessoria personalizada focando no aumento da competitividade das empresas para atuarem no comércio exterior”, enfatiza.


O programa pertence, agora, ao novo modelo de atendimento do Plano Nacional da Cultura Exportadora (PNCE), que integra a Política de Comércio Exterior do Governo Federal.


Rota Global


A estrutura de atendimento do Rota Global consiste em diagnóstico de maturidade internacional, construção de plano de negócios customizado para as necessidades de cada negócio e coordenação de serviços para preparar a empresa ao longo do processo.


O projeto piloto, iniciado em 2017, recebeu R$ 1,2 milhão em recursos europeus do AL-Invest - instrumento de apoio ao desenvolvimento de pequenas e médias empresas na América Latina - e foi executado no Brasil, na Argentina e na Espanha.


Mais de 560 empresas do setor industrial, agrícola e de serviços se inscreveram no Rota Global para a fase de diagnóstico de maturidade. Em menos de um ano, 406 planos de ação de internacionalização foram entregues e 495 serviços de apoio foram prestados às empresas participantes.


Com o acordo entre CNI e MDIC, o Rota Global foi adotado como metodologia de atendimento empresarial nos Comitês Estaduais do Plano Nacional de Cultura Exportadora (PNCE), facilitando o alinhamento entre as instituições e a coordenação de serviços de apoio à internacionalização oferecidos por diferentes entidades no Brasil.

FONTE: Assessoria de Imprensa

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados