Publicidade

Bolsonaro, o pior presidente da história do Brasil, aponta pesquisa

Dados são de pesquisa Datafolha realizada de 13 a 16 de dezembro de 2021.

24/05/2024 às 09h04 Atualizada em 28/05/2024 às 09h37
Por: Portal Holofote Fonte: Poder360
Compartilhe:
Reprodução/Internet
Reprodução/Internet

Para 48% dos brasileiros, Jair Bolsonaro (PL) é o pior presidente da história do Brasil. Enquanto 51% dizem que Luiz Inácio Lula da Silva (PT) foi o melhor chefe do Executivo brasileiro. Dados são de pesquisa Datafolha realizada de 13 a 16 de dezembro de 2021.

De acordo com o levantamento, o petista é o líder no ranking de melhor presidente e está 40 pontos à frente de Bolsonaro –que foi escolhido por 11% como o melhor no cargo.

A pesquisa foi realizada com 3.666 pessoas, em 191 cidades. A margem de erro é de 2 pontos para mais ou menos.

O Datafolha perguntou também quem foi o pior presidente da história do Brasil. Jair Bolsonaro foi citado por 48% dos entrevistados.

Em seguida, está Lula, mencionado como pior presidente por 18% dos entrevistados, seguido por Fernando Collor (8%), Dilma (7%), FHC e Sarney (ambos com 2%).

Em 3º lugar no ranking de melhores presidentes na visão dos entrevistados, estão empatados Fernando Henrique Cardoso (1995-2002) e Getúlio Vargas (1930-45 e 1951-54), mencionados por 4%.

Com 1%, foram lembrados Juscelino Kubitschek (1956-61), José Sarney (1985-90), Itamar Franco (1992-94), João Baptista Figueiredo (1979-85), Dilma Rousseff (2011-16), Jânio Quadros (1961) e Tancredo Neves (1985).

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
°

Mín. ° Máx. °

° Sensação
km/h Vento
% Umidade
% (mm) Chance de chuva
20h00 Nascer do sol
20h00 Pôr do sol
Qui ° °
Sex ° °
Sáb ° °
Dom ° °
Seg ° °
Atualizado às 20h00
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,40 +0,67%
Euro
R$ 5,84 +1,32%
Peso Argentino
R$ 0,01 +1,54%
Bitcoin
R$ 390,771,71 +1,40%
Ibovespa
119,936,02 pts -1.4%
Publicidade