Publicidade

Ex-vereador de Anamã é preso por estuprar menina de 8 anos

De acordo com a polícia, os abusos aconteciam no momento em que a vítima ia até a casa do infrator brincar com o neto dele.

27/03/2024 às 18h30 Atualizada em 04/04/2024 às 10h47
Por: Portal Holofote Fonte: Mário Adolfo
Compartilhe:
Divulgação
Divulgação

A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio do Departamento de Polícia do Interior (DPI) e 81ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP), prendeu, na segunda-feira (25/03), um homem, 54, que é servidor da Prefeitura de Anamã e ex-vereador do município, condenado a mais de 9 anos de reclusão por abusar sexualmente da própria vizinha, uma criança de 8 anos. O crime ocorreu em 2018, naquele município (a 165 quilômetros de Manaus).

Os abusos aconteciam no momento em que a vítima ia até a casa do infrator brincar com o neto dele. Ocasião em que ele mandava ela tirar a roupa para fotografá-la e acariciar suas partes íntimas.

Durante coletiva de imprensa na sede da Delegacia Geral (DG), bairro Dom Pedro, zona centro-oeste, o delegado Paulo Mavignier, diretor do Departamento de Polícia do Interior (DPI), destacou o excelente trabalho realizado por policiais do município, que resultou na prisão desse indivíduo condenado por estupro de vulnerável de uma criança que passou por duas violações, aos oito e dez anos.

“O crime choca em razão da baixa idade da vítima. Esses abusos eram cometidos quando a menina ia brincar com o neto do autor na casa dele. Ele se aproveitava disso para tirar fotos da criança sem roupa e apalpar as partes íntimas dela. É um crime repugnante. Vale ressaltar que essa criança já havia sido abusada por outro vizinho que já foi preso há um mês”, enfatizou Mavignier.

Conforme a autoridade policial, a vítima só criou coragem para denunciar depois que viu uma campanha contra o abuso e à exploração sexual infantil, e procurou a professora para relatar os fatos. Posteriormente, a professora comunicou à Polícia Civil, que fez um trabalho de forma exemplar.

Somente nos três primeiros meses de 2024, a Polícia Civil, por meio da 81ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Anamã, cumpriu quatro mandados de prisão pelo crime estupro de vulnerável e abriu outros cinco inquéritos para apurar fatos recentes do mesmo crime.

A deputada estadual Débora Menezes esteve na coletiva de imprensa e parabenizou os policiais de Anamã pelo excelente trabalho que resultou na prisão desse infrator.

“Temos ajudado à PC-AM com a parte logística e também ajudamos no acolhimento das vítimas e na assistência psicológica. É importante ressaltar que o interior do estado não é terra sem lei e todos os crimes serão resolvidos”, afirmou a parlamentar.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
°

Mín. ° Máx. °

° Sensação
km/h Vento
% Umidade
% (mm) Chance de chuva
20h00 Nascer do sol
20h00 Pôr do sol
Ter ° °
Qua ° °
Qui ° °
Sex ° °
Sáb ° °
Atualizado às 20h00
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,18 +1,27%
Euro
R$ 5,51 +0,82%
Peso Argentino
R$ 0,01 +1,15%
Bitcoin
R$ 349,504,60 -4,96%
Ibovespa
125,245,43 pts -0.56%
Publicidade