Publicidade

‘Colômbia’ e braço direito acusado das mortes de Dom e Bruno são transferidos para presídio federal

As vítimas foram assassinadas em junho de 2022. Crime teve repercussão internacional.

25/01/2024 às 14h49 Atualizada em 30/01/2024 às 19h38
Por: Portal Holofote Fonte: Am Post
Compartilhe:
Reprodução/Internet
Reprodução/Internet

Acusado de ordenar as mortes do indigenista Bruno Pereira e do jornalista britânico Dom Phillips, no Vale do Javari, em Tabatinga no Amazonas, Ruben Dário da Silva Villar, o “Colômbia”, e o braço direito dele Jânio Freitas de Souza foram transferidos nesta quinta-feira (25), de Manaus para um Presídio Federal.

Como justificativa, A Polícia Federal pediu  a transferência deles devido ao risco de fuga e risco à integridade física e psíquica dos suspeitos.

Jânio foi preso em Tabatinga no dia 18 de janeiro deste ano após a investigação apontar que ele tentou coagir testemunhas e atrapalhar a investigação das mortes.

Já ‘Colômbia’  é apontado como mandante dos assassinatos de Dom e Bruno em junho de 2022 e está preso desde dezembro daquele ano. Ele chegou a pagar uma fiança de R$ 15 mil e foi solto, mas foi preso novamente após descumprir condições da liberdade provisória.

Os acusados respondem por duplo homicídio e ocultação de cadáveres. Os outros suspeitos também devem ser encaminhados  para um presídio federal.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
°

Mín. ° Máx. °

° Sensação
km/h Vento
% Umidade
% (mm) Chance de chuva
20h00 Nascer do sol
20h00 Pôr do sol
Sáb ° °
Dom ° °
Seg ° °
Ter ° °
Qua ° °
Atualizado às 20h00
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 4,97 +0,02%
Euro
R$ 5,37 +0,02%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,04%
Bitcoin
R$ 324,021,82 +0,46%
Ibovespa
129,020,02 pts -0.87%
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Mais lidas
Publicidade