Publicidade

Vídeo mostra momento em que homem é executado no shopping

No vídeo impactante o homem chega por trás e atira. Veja as cenas.

27/11/2023 às 10h57 Atualizada em 01/12/2023 às 09h59
Por: Portal Holofote Fonte: Mário Adolfo
Compartilhe:
Reprodução/Mário Adolfo
Reprodução/Mário Adolfo

Na manhã desta quinta-feira, 23, um ato de violência brutal abalou a pacata rotina do Shopping Popular em Cuiabá, com a execução do comerciante Gersino Rosa dos Santos, conhecido como “Nenê Games”, de 43 anos, e de Cleyton de Oliveira de Souza Paulino, de 27 anos.

As imagens divulgadas revelam detalhes chocantes e uma dinâmica angustiante do crime.

No vídeo impactante, o cenário inicial mostra Gersino em uma conversa aparentemente tranquila com dois homens, incluindo Cleyton.

O desenrolar trágico começa quando um terceiro homem, vestindo uma camisa branca, se aproxima sorrateiramente por trás do empresário e dispara fatalmente contra ele.

O primeiro tiro atinge Gersino na nuca, derrubando-o instantaneamente. O atirador não cessa e um segundo disparo acaba por atingir Cleyton, que estava próximo e foi alvejado acidentalmente no pescoço, resultando em sua morte.

O criminoso, após os disparos fatais, empreende uma fuga apressada, deixando para trás um rastro de pânico e incredulidade.

Enquanto Gersino foi atingido fatalmente e caiu sem vida no local, Cleyton ainda demonstrava sinais de vida quando a Polícia Militar chegou ao local, porém, infelizmente, não resistiu aos ferimentos e faleceu antes de receber atendimento médico adequado.

Investigação

O delegado Nilson Farias, da Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), afirmou que o alvo do ataque era exclusivamente Gersino.

“Foi uma execução. E a princípio, parece que o objetivo não era praticar essa dupla execução, mas sim executar uma pessoa.

E como a outra estava na linha de tiro, acabou sendo atingida também”, relatou o delegado, ressaltando a triste fatalidade que ceifou duas vidas.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.