Publicidade

Baratão da Carne entra na mira do Ministério Público por supostas irregularidades na venda de carnes

De acordo com denúncias recebidas pelo Ministério Público, os açougues do Baratão da Carne, que pertence ao empresário Edilson Rufino, estariam comercializando carnes de procedência duvidosa ou mesmo, impróprias ao consumo.

17/11/2023 às 10h29
Por: Portal Holofote Fonte: O Abutre
Compartilhe:
Reprodução/Internet
Reprodução/Internet

O Ministério Público do Estado do Amazonas (MP-AM) abriu um procedimento para investigar a empresa RUFINO COMÉRCIO E INDÚSTRIA DE ALIMENTOS LTDA., que atende pelo nome de fantasia “Baratão da Carne”, por suspeitas de irregularidades nos locais de beneficiamento de carnes e produtos cárneos.

De acordo com denúncias recebidas pelo Ministério Público, os açougues do Baratão da Carne, que pertence ao empresário Edilson Rufino, estariam comercializando carnes de procedência duvidosa ou mesmo, impróprias ao consumo.

A 51ª Promotoria de Justiça do Especializada na Proteção e Defesa do Consumidor do Ministério Público, além de investigar as possíveis irregularidades dos açougues do Baratão da Carne, investiga também denúncias de publicidade enganosa.

O MP-AM deve realizar fiscalizações nos comércios da empresa RUFINO COMÉRCIO E INDÚSTRIA DE ALIMENTOS LTDA, para averiguar as instalações dos locais de beneficiamento de carnes e produtos cárneos.

Dono do Baratão da Carne

O empresário Edilson Rufino, dono do Baratão da Carne, ficou conhecido após sua festa de aniversário de 50 anos, onde gastou mais de R$ 6 milhões e trouxe artistas nacionais como Wesley Safadão e Zé Felipe, que ocorreu no Diamond Convention Center, localizado na Avenida do Turismo, bairro Tarumã.

Rufino também tentou comprar a rede de drogarias Santo Remédio, Farma Bem e Flex Farma, que atualmente pertencem a Pedro Garcez e Wili Garcez, donos do Grupo Tapajós. Segundo informações que circularam, Rufino ofereceu de R$1.400.000.000 (um bilhão e quatrocentos milhões de reais), para adquirir o Grupo Tapajós.

Ex-açougueiro, Edilson Rufino viu sua fortuna crescer junto ao crescimento de seu principal empreendimento o “Baratão da Carne”, que segundo informações, teria lhe gerado uma fortuna na casa de bilhões de reais.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
°

Mín. ° Máx. °

° Sensação
km/h Vento
% Umidade
% (mm) Chance de chuva
20h00 Nascer do sol
20h00 Pôr do sol
Ter ° °
Qua ° °
Qui ° °
Sex ° °
Sáb ° °
Atualizado às 20h00
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 4,94 -0,08%
Euro
R$ 5,36 -0,09%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,29%
Bitcoin
R$ 218,723,32 -0,21%
Ibovespa
126,802,79 pts -1.08%
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade