Publicidade

Em Tapauá, governador Wilson Lima inaugura Núcleo de Estudos Superiores da UEA

Com investimento de R$ 1,6 milhão, o Nestap também deve atender os municípios de Canutama e Beruri.

25/08/2023 às 16h12 Atualizada em 31/08/2023 às 10h47
Por: Portal Holofote Fonte: Secom
Compartilhe:
Alex Pazuello/Secom
Alex Pazuello/Secom

O governador Wilson Lima inaugurou, nesta sexta-feira (25/08), o Núcleo de Ensino Superior de Tapauá (Nestap) da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), localizada na calha do rio Purus, (distante 449 quilômetros de Manaus). Com investimento de R$ 1,6 milhão na atual gestão, o Nestap também deverá atender aos municípios vizinhos de Canutama e Beruri.

Segundo o governador Wilson Lima, com a missão de oportunizar o ensino de qualidade, a UEA avança no interior, contribuindo com o avanço da educação superior no Amazonas a partir da oferta de cursos e professores qualificados para desenvolver ainda mais a economia e o desenvolvimento do estado.

“Esse é um prédio que vai dar condições aos alunos que estão concluindo o ensino médio, cursarem aqui. É um ganho para o interior, principalmente para quem está em regiões distantes”, disse o governador Wilson Lima.

A inauguração contou com a presença do prefeito de Tapauá, Gamaliel Andrade de Almeida; o secretário de Infraestrutura, Carlos Henrique Lima; o reitor da UEA, André Zogahib; e os deputados estaduais Adjuto Afonso, Abdala Fraxe, Felipe Souza, além do deputado Federal Silas Câmara. 

O Núcleo da UEA possui uma estrutura com miniauditório; biblioteca; quatro salas de aulas, sendo uma sala com Sistema de Presencial Mediado por Tecnologia (SPMT-IPTV); três salas administrativas; um laboratório de informática; um laboratório padrão (multifuncional); cozinha e despensa; cantina; e área de convivência.

O reitor da UEA destacou o compromisso do governo do Amazonas com a educação para impulsionar o desenvolvimento econômico no estado.

“O governador é sensível para a questão da educação e compreende que ela é a mola propulsora do desenvolvimento econômico do estado. Mesmo com toda dificuldade logística, temos um prédio que a gente pode dizer que é nosso, da Universidade do Estado do Amazonas e do povo de Tapauá”, disse Zogahib. 

O prefeito da cidade, Gamaliel Andrade, afirmou que a entrega da UEA é a maior obra do município e que também beneficiará cidades vizinhas.

“Hoje foi um momento histórico em Tapauá. A UEA estava há 13 anos abandonada e, com a articulação junto ao governador Wilson Lima, hoje entregamos à população a maior obra já vista aqui no nosso município, que também vai atender outras cidades”, destacou o prefeito. 

Cursos oferecidos

Antes de possuir uma unidade própria no município, os cursos da universidade estadual funcionam na escola municipal Panta Leão Aurélio de Araújo, na sede de Tapauá.

A UEA já havia ofertado os cursos de Licenciatura em Matemática, Licenciatura em Língua Portuguesa, Tecnologia em Alimentos, Tecnologia em Gestão Comercial, Tecnologia em Gestão Pública e Pedagogia Intercultural (Proind). 

Atualmente, está em atividade o curso de Licenciatura em Educação Física Mediado por Tecnologia e previstos, ainda, mais dois cursos a serem ofertados por meio do Vestibular e Sistema de Ingresso Seriado (SIS) 2023, acesso 2024/2: Licenciatura em Letras – Língua Portuguesa e Tecnologia em Gestão Hospitalar, com a previsão de 112 vagas em ambos cursos. 

Aluna do 5º período de Educação Física, Margareth Monteiro, 28, compartilhou sua perspectiva sobre o impacto do novo núcleo universitário na cidade. 

"Agora teremos toda uma estrutura. Um ambiente amplo e apropriado. E não vai servir apenas para nós, mas também para todos os habitantes do município”, disse a estudante.

Investimentos na UEA no interior 

Além de Tapauá, sete unidades receberam investimentos em melhorias da gestão Wilson Lima nos municípios de São Sebastião do Uatumã, Apuí, Barcelos, Tefé, Jutaí, Santo Antônio do Içá e Boa Vista do Ramos. Ao todo, os investimentos giram em torno de R$ 16,5 milhões.

 
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.