Publicidade

Agendas internacionais garantem parcerias e recursos para o meio ambiente no Amazonas

Estado tem ganhado visibilidade internacional e atraído olhar de investidores e parceiros.

23/05/2023 às 11h09
Por: Portal Holofote Fonte: Secom
Compartilhe:
Diego Peres/Secom
Diego Peres/Secom

A presença geopolítica do Amazonas, sobretudo, no cenário internacional, tem trazido parcerias de destaque para a agenda socioambiental do Estado. Ao longo deste ano, o governo recebeu embaixadores de diversos países e buscou apoio no México, Estados Unidos e Áustria, garantindo cooperações e o repasse de mais de R$75 milhões para o meio ambiente.

Toda a agenda tem sido liderada pelo governador Wilson Lima, com apoio da Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema) e, também, da Força-Tarefa de Governadores para o Clima e Florestas (GCF Task Force). Segundo o secretário da Sema, Eduardo Taveira, as parcerias internacionais são necessárias para viabilizar alternativas para superar os desafios de conservação do bioma.

“Os desafios do meio ambiente são gigantescos e urgentes. Além da proteção das florestas efetivamente, os esforços incluem a superação da pobreza e o desenvolvimento de matrizes econômicas mais sustentáveis. Encontrar caminhos possíveis que solucionem essas questões, ao mesmo tempo que promovam a conservação é um papel do mundo inteiro, em especial, de países desenvolvidos”, destacou.

Desde o início do ano, o Estado recebeu visitas importantes, como a do presidente e da ministra do Meio Ambiente da Alemanha, além de senadores dos Estados Unidos e embaixadores da Irlanda e do Canadá. Em Brasília, em 2023, o Amazonas também já esteve reunido com as embaixadas do Reino Unido, Noruega e República da Coreia, em busca de cooperação com os países, para o desenvolvimento de projetos ambientais.


Em Washington, Wilson Lima busca parcerias para projetos de desenvolvimento sustentável que beneficiem quem vive na floresta. (Foto Diego Peres/Secom)

Últimas parcerias

Apenas em maio, o Governo do Amazonas realizou viagens para firmar parcerias nas cidades de Viena, Washington, Atlanta e Miami. Em Viena, capital da Áustria, na Europa Central, a comitiva do Estado visitou a empresa Ebswien, responsável pelo tratamento de esgoto da cidade, que é referência mundial no tratamento de águas residuais para geração de energia renovável. A agenda resultou, ainda, em um memorando de entendimento com o Conselho Mundial de Energia, que prevê cooperação para troca de experiências e tecnologias.  

Em seguida, em Washington (EUA), o governador Wilson Lima participou de reuniões com representantes de instituições governamentais e empresariais, além de um encontro com representantes do Brazil Institute e do Grupo ICCF (Fundação Internacional Caucus para Conservação), com o objetivo de firmar parcerias para implantação de projetos de sustentabilidade e, também, captar financiamento e apoio ao desenvolvimento de novas tecnologias.

Na sequência, o governador foi até Atlanta, onde entregou uma carta de intenções a executivos da Coca-Cola, para renovar a parceria com o Governo do Amazonas no desenvolvimento sustentável do estado. Já em Miami, o Amazonas assinou a criação da Câmara de Bioeconomia da Amazônia, para fomentar investimentos para comercialização de produtos da floresta no mercado internacional.


Wilson Lima formaliza cooperação com o Conselho Mundial de Energia para troca de experiências e tecnologias. (Foto Diego Peres/Secom)

Captação de recursos

Além das parcerias, as articulações internacionais do Governo do Amazonas já resultaram na captação de cerca de R$75,8 milhões, apenas neste ano. Os recursos são provenientes de cooperações internacionais junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e ao Banco de Desenvolvimento Alemão KFW, além do Fundo Amazônia, via Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Do total de recursos captados, o Amazonas contará com 13 milhões de euros do Fundo Floresta, que integra o programa de Florestas Tropicais do KFW, para execução do projeto “Governança Ambiental e Bioeconomia Sustentável no Amazonas”. 

Além disso, mais de R$1,5 milhão foi repassado pelo Fundo Amazônia, via BNDES, referente ao Projeto de Implementação do Cadastro Ambiental Rural (ProjeCAR), que também destina investimentos ao Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam) e ao Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado do Amazonas (Idam). 

A terceira parceria resultará em um repasse de 500 mil dólares à Sema, provenientes do novo Programa Social e Ambiental de Manaus e Interior (Prosamin+), executado pela Unidade Gestora de Projetos Especiais (UGPE), que tem o BID como financiador. Os recursos vão financiar a criação de um Comitê e um Plano de Bacia específicos para o Igarapé do Quarenta, na zona sul de Manaus. 

 
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
°

Mín. ° Máx. °

° Sensação
km/h Vento
% Umidade
% (mm) Chance de chuva
20h00 Nascer do sol
20h00 Pôr do sol
Sáb ° °
Dom ° °
Seg ° °
Ter ° °
Qua ° °
Atualizado às 20h00
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,24 -0,03%
Euro
R$ 5,58 -0,07%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,43%
Bitcoin
R$ 360,367,51 +2,19%
Ibovespa
124,196,18 pts 0.02%
Publicidade