Sábado, 26 de Novembro de 2022
26°

Muitas nuvens

Manaus - AM

Política Brasil

Aliado de Bolsonaro, pastor Samuel Câmara surpreende ao indicar aproximação com Lula

Samuel Câmara afirmou que está feliz com o resultado das eleições, apesar do seu candidato não ter sido reeleito.

19/11/2022 às 13h32
Por: Portal Holofote Fonte: Am Post
Compartilhe:
Reprodução
Reprodução

Nesta semana, o pastor Samuel Câmara, presidente da Igreja Assembleia de Deus em Belém do Pará, surpreendeu ao indicar uma possível aproximação com o presidente eleito, Lula (PT). O líder religioso destacou-se nos últimos anos pelo apoio prestado ao atual presidente Jair Bolsonaro (PL).

A fala aconteceu durante um culto na capital paraense, onde ele orientou os fiéis presentes a orarem pelo petista e ressaltou que está à disposição para receber o futuro presente em sua igreja.

“Meus amigos, onde tiver Brasil, nós estamos. Onde tiver autoridade constituída, a bíblia nos diz que nós oramos e nós respeitamos. E se o presidente da república (Lula) quiser um dia se sentir honrado e também honrar e vir nos visitar, como o presidente atual (Bolsonaro) fez, o que nós vamos fazer? Vamos recebê-lo! Vamos orar também. Claro que fica algumas feridas, mas eu to dizendo isso para ajudar você a ser grande no seu pensamento e não ficar no tamanho só em um resultado de uma eleição e principalmente de militantes ”, afirmou o pastor.

Além disso, em seu discurso, Samuel Câmara afirmou que está feliz com o resultado das eleições, apesar do seu candidato não ter sido reeleito. “No primeiro momento vi muita gente triste, chorando. Mas eu sou um homem de 65 anos, já passei por muitas situações nesse Brasil. Já convivi com a presidência do presidente eleito e eu fiquei muito feliz em ser livre para poder pedir a Deus que continue abençoando o Brasil e todos os presidentes”, comentou.

Somado a isso, o líder religioso elogiou o pronunciamento de Lula, destacando que ele citou diversas vezes o nome de Deus e que isso, por si só, já é de grande importância. Assim como ele, outros aliados de Bolsonaro também já reconheceram a vitória do petista.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.