Sábado, 26 de Novembro de 2022
26°

Muitas nuvens

Manaus - AM

Cidades Esporte

Pela 1ª vez, Manaus recebe campeonato internacional de xadrez

Evento unirá jogadores de oito países, mais de 15 estados e premiação varia de R$5.500 a R$500

06/10/2022 às 15h05
Por: Jordan Muniz Fonte: Portal Holofote
Compartilhe:
Pela 1ª vez, Manaus recebe campeonato internacional de xadrez

Dois eventos marcam a realização do campeonato internacional de xadrez 'Manaus Chess Open 2022', que acontece pela primeira vez na capital amazonense a partir deste sábado (8) e vai até o próximo dia 16 de outubro. O evento, que reunirá jogadores de mais de 15 estados, oito países e grandes mestres, será realizado no Novotel, no Distrito Industrial. 

Nos dias 8 e 9, acontecerá no Millennium Shopping a segunda edição do Torneio de Xadrez Solidário, organizado pela Federação Amazonense de Xadrez (FAX). A ação faz parte da campanha ‘Manaus invisível’ e busca apresentar e desenvolver a prática do xadrez, que é responsável pelo desenvolvimento de inúmeras habilidades, como: memória, concentração, planejamento e tomada de decisão.

"Essa é uma oportunidade para quebrar paradigmas de que o xadrez é para um público exclusivo e, ainda, ajudar a fomentar a cultura dessa modalidade entre os amazonenses de diversas idades. Crianças e jovens até 18 anos podem participar do torneio. Basta dar dois quilos de alimentos não perecíveis no ato da inscrição. Esses alimentos serão doados a comunidades carentes de Manaus", destacou Paulo Isaac Lima, vice-presidente da federação.

No dia 8 será apenas para crianças e no dia 9 estará aberto a todos os jogadores e contará com a presença do Grande Mestre Henrique Mecking, o Mequinho. 

Além de passar um pouco da sua experiência na modalidade, o atleta - que irá lançar três livros em solo amazonense - fará ainda uma sessão de fotos e autógrafos por volta das 15h. Às 16h, ele participa da Simultânea GM Hungaski, onde enfrentará 25 jogadores de xadrez. O melhor jogador da América Latina na atualidade, Sandro Mareco da Argentina, também será outro convidado especial do evento.

As partidas são abertas para todo o público e acontecem na praça de alimentação. Para jogar, além de levar os dois quilos de alimentos, o interessado deve se inscrever através do formulário: https://forms.gle/JkNLu2JeZps6F9qK8. 

Para o atual presidente da FAX, Rudson Peixoto, a realização do Manaus Chess open, é fruto do trabalho iniciado em 2019, quando recebeu a federação para dar continuidade ao mandato do ex-presidente, Antenor Braga, que se afastou por problemas de saúde, vindo a falecer pouco depois. 

A nova diretoria formada também pelo professor de xadrez Paulo Isaque e Daniel Leite, árbitro nacional de xadrez, resolveu então trabalhar para fomentar a prática esportiva, principalmente entre crianças e jovens, com o objetivo de aumentar o número de adeptos em Manaus e no interior do Amazonas.

Torneio Manaus Chess Open  

Na segunda-feira (10), serão realizados os torneios oficiais do Manaus Chess Open, desta vez no Novotel, onde terão jogadores da Argentina, Paraguai, Cuba, Estados Unidos, Chile, Uruguai, Peru e Porto Rico. No total, são oito jogadores internacionais, além dos 108 representantes brasileiros e amazonenses. 

Serão R$ 26 mil no total de prêmios, que variam de R$ 5.500 mil a R$ 500, além de troféus e medalhas. O torneio de xadrez valerá 25 vagas para a final do Campeonato Brasileiro 2022.

Para o vice-presidente da Fundação Amazonense de Xadrez, esse encontro de diferentes nacionalidades será uma grande oportunidade do Amazonas mostrar seu potencial no esporte.

"O Manaus Chess Open surgiu a partir da necessidade da Região Norte sediar um evento de grande porte, a fim de chamar atenção do resto do mundo através do xadrez. É importante ressaltar que é uma grande oportunidade de jogar contra os fortes jogadores de outros estados e países. É a hora de nós amazonenses mostrarmos nosso nível enxadrístico", disse Paulo. 

O diretor do evento e da Confederação Brasileira de Xadrez (CBX), AI Mauro Amaral, também enfatiza a importância do evento no cenário internacional da modalidade.

"A ideia é trazer um evento importante como esse para o Norte, uma vez que isso não acontecia há muito tempo e é muito importante que o Norte do Brasil seja palco de grandes eventos como esse", destacou o diretor do evento e da Confederação Brasileira de Xadrez (CBX), AI Mauro Amaral.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.