Sexta, 07 de Outubro de 2022
30°

Alguma nebulosidade

Manaus - AM

Política Belo Horizonte

Igreja onde Bolsonaro discursou em BH é a mesma em que Guilherme de Pádua é pastor

Guilherme de Pádua é bolsonarista e participou de manifestações a favor do presidente ao lado da mulher em maio de 2020.

12/08/2022 às 10h43
Por: Portal Holofote Fonte: Portal do Holanda
Compartilhe:
Reprodução/Instagram
Reprodução/Instagram

A Igreja Batista da Lagoinha, em Belo Horizonte, onde no último domingo (7) o presidente Jair Bolsonaro e a primeira-dama Michelle fizeram um discurso colocando o bem e o mal e até o demônio como coadjuvante nas eleições de 2022, é a mesma onde Guilherme de Pádua, assassino de Daniella Perez, foi ordenado pastor.

Segundo a Folha de S. Paulo, foi lá que o ex-ator que assassinou a colega de elenco Daniella Perez em 1992 foi recebido após a sua saída da prisão em 1999 e onde ele se tornou pastor em 2017.

Lá também Guilherme de Pádua conheceu a sua atual mulher, a maquiadora Juliana Lacerda. Guilherme de Pádua é bolsonarista e participou de manifestações a favor do presidente ao lado da mulher em maio de 2020. 

O líder da Igreja Batista de Lagoinha, que orou com Bolsonaro no dia da visita do presidente à igreja, é André Valadão, que apesar de já ter dito que a igreja evangélica não é para homossexuais, não só acolheu De Pádua como o chamou de "bênção" ao ser questionado sobre o assunto nas redes sociais em 2019. “O Guilherme cumpriu a pena. Ele é uma benção. Nenhum de nós somos os mesmos, constantemente somos transformados pela misericórdia de Jesus”, escreveu na ocasião.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.