Domingo, 14 de Agosto de 2022
27°

Muitas nuvens

Manaus - AM

Brasil Brasil

Pitbull não reconhece e mata a própria dona

Ela foi socorrida e internada em um hospital da capital.

21/07/2021 às 19h22 Atualizada em 21/07/2021 às 19h39
Por: Portal Holofote Fonte: Portal do Zacarias
Compartilhe:
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Uma mulher, identificada como Marizete Cordeiro, foi atacada pelo próprio cachorro, da raça pitbull. O ataque teria ocorrido no dia 7 de julho, no bairro da Pedreira, em Belém.

Ela foi socorrida e internada em um hospital da capital. Após 12 dias hospitalizada, ela não resistiu e faleceu no último domingo (18). 

Imagem que circulam pelas redes sociais mostram a dona do animal jogada no chão, no quintal da residência onde morava com o cachorro, além de outro pitbull que não participou do ataque. Uma vizinha relatou que o ataque teria ocorrido após Marizete correr para retirar uma roupa do varal, já que estava chovendo, mas o cachorro não reconheceu a dona, que estava com uma toalha na cabeça, e iniciou o ataque. O filho da vítima ressaltou que o animal não reconheceu a mãe por causa do cheiro de um sabonete que Marizete estava usando no momento do incidente.

Marley, como era chamado, chegou na casa de Marizete quando ainda era filhote. Ao longo de todos esses anos, o animal nunca havia atacado ninguém, como ressalta o filho da vítima. Ele também destaca que o cheiro do sabonete teria causado uma certa confusão no animal, o que acabou ocasionando o ataque.

De acordo com o veterinário Victor Hugo Teixeira, alguns fatores podem ter levado o animal a cometer o ataque contra a própria dona.

"É muito difícil que apenas o cheiro de um sabonete possa ter causado isso. Acredito que ele pode ter se assustado com a dona correndo com a toalha cobrindo o rosto. Ele pode ter interpretado como uma ameaça pra ele e acabou atacando a própria dona. A idade do animal também pode ter influenciado, já que eles vão perdendo alguns padrões de comportamento de identificação. Alguns fatores precisam ser investigados para entender o que ocasionou esse comportamento agressivo do animal", explica o profissional.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.