Domingo, 09 de Maio de 2021 03:25
(92) 99183-2565
Brasil Caso Henry

Defesa de Monique Medeiros ressalta comportamento agressivo de Dr. Jairinho

Os três advogados da mãe de Henry Borel também reforçaram o pedido para que Monique preste um novo depoimento

17/04/2021 17h09
281
Por: Fernanda Souza Fonte: O Dia
Reprodução
Reprodução

Os três advogados que assumiram a defesa de Monique Medeiros, mãe de Henry Borel, reforçaram em nota divulgada neste sábado (17), que têm observado uma "repetição de um comportamento padrão de violência contra mulheres e crianças" por parte do vereador Dr. Jairinho. A defesa insistiu também no pedido para que Monique preste novo depoimento, já que outras testemunhas foram ouvidas novamente, como foi o caso da empregada.

Na última quarta-feira (14), um dos advogados da mãe de Henry, Hugo Novais, disse na porta da 16ª DP (Barra da Tijuca) que sua cliente precisava ter voz. "Chegou o momento de a Monique falar de maneira isenta. Ela vai ter a oportunidade de prestar novo depoimento. E, neste momento, ninguém pode falar em nome da Monique. A estratégia que a defesa tem é exclusivamente uma: que a Monique diga a verdade", disse o advogado.

Empregada presta novo depoimento à polícia

Em depoimento na última quarta-feira (14), a empregada doméstica que trabalhava no apartamento de Monique Medeiros e Jairo Souza, mãe e padrasto de Henry Borel, 4 anos, morto no dia 8 de março, trouxe mais detalhes da rotina de horror que a criança vivia. A doméstica, de 57 anos, que a reportagem irá identificar pelas iniciais L.M., disse que Monique dava, três vezes ao dia, remédios para ansiedade a Henry, com o intuito de fazer a criança dormir. Além disso, relatou, na sede policial, vômitos frequentes do menino e um ataque de pânico que ele teve ao viajar no carnaval com o casal.

Henry morreu no apartamento que vivia com a mãe e o padrasto, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio. De acordo com a perícia, ele foi morto após ser espancado, dentro do apartamento. O casal, que já está preso, até agora mantém a versão de acidente doméstico para as 23 lesões que causaram a morte da criança.

Confira a nota dos advogados de Monique na íntegra:

"Dentro do objetivo de atuar com a verdade, a defesa da Sra. Monique Medeiros, insiste na necessidade da sua nova audição pelo Senhor Delegado de Polícia que preside o Inquérito e faz um público apelo, para a referida Autoridade Policial, neste sentido. Se várias pessoas foram ouvidas novamente, não tem sentido deixar de ouvir Monique. Logo ela que tanto tem a esclarecer. Não crê a defesa que exista algum motivo oculto para “calar Monique” ou não se buscar a verdade por completo.

A defesa observou, do estudo dos novos elementos do Inquérito, que há repetição de um comportamento padrão de violência contra mulheres e crianças. Neste lamentável caso, a diferença foi a morte da criança.

Rio de Janeiro, 17 de abril de 2021.

Thiago Minagé

Hugo Novais

Thaise Mattar Assad

Advogados"

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Manaus - AM
Atualizado às 04h13 - Fonte: Climatempo
23°
Trovoada e chuva

Mín. 23° Máx. 28°

23° Sensação
22 km/h Vento
100% Umidade do ar
90% (20mm) Chance de chuva
Amanhã (10/05)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 23° Máx. 29°

Sol com muitas nuvens e chuva
Terça (11/05)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 22° Máx. 30°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.