Terça, 29 de Setembro de 2020 07:43
(92) 99183-2565
Brasil Investigação

Caso Isabele: pai de menina que efetuou disparo alegou queda ao chamar Samu

Isabele Guimarães Ramos, de 14 anos, morreu ao ser atingida pelo disparo de uma arma de fogo feito pela amiga em um condomínio de Cuiabá

03/08/2020 11h35 Atualizada há 2 meses
124
Por: Fernanda Souza Fonte: Metrópoles
Reprodução
Reprodução

O pai da adolescente que efetuou um disparo de pistola e matou a amiga Isabele Guimarães Ramos, de 14 anos, em Cuiabá (MT), chamou o socorro do Samu alegando que a vítima havia sofrido uma queda. “Ela caiu no banheiro, bateu a cabeça e perdeu 2 litros de sangue. Foi queda no banheiro”, disse o empresário ao médico do Samu, em ligação realizada às 22h do último domingo (12/7).

No entanto, reportagem do Fantástico, da TV Globo, revelou, neste domingo (2/8), que a filha mais velha do homem ligou um minuto depois para o Samu e reportou um acidente por arma de fogo. O atendente da emergência confrontou o empresário em outra ligação: “É tiro ou queda, senhor?”. “Queda, queda”, respondeu o pai da garota. “Porque está entrando outra oorrência dizendo que é tiro”, insistiu o médico. “Não tem nada de tiro, não”, respondeu.

Logo depois, o empresário, que é adepto de caça e colecionador de armas, admitiu que tratava-se de tiro. Nesse momento, o médico do Samu informou que chamaria a polícia.

“Como ele teve essa percepção de que minha filha havia caído, e não levado um tiro?”, perguntou Patrícia Hellen Guimarães Ramos, mãe de Isabele. “Como uma pessoa com tal gabarito não consegue ouvir e distinguir o que é um tiro?”.

No depoimento à polícia, a adolescente que fez o disparo disse que o tiro foi acidental. O que também levantou suspeitas da mãe de Isabele: “Como uma garota de 14 anos consegue disparar no rosto da minha filha, a uma curta distãncia, em linha reta, com todo esse depoimento de que ela havia se desequilibrado?”.

Entenda

Isabele Guimarães Ramos morreu ao ser atingida pelo disparo de uma arma de fogo feito pela amiga, no condomínio Alphaville I, localizado no bairro de mesmo nome, em Cuiabá.

Isabele foi encontrada no banheiro da casa. Segundo os investigadores, a bala entrou pela narina e saiu pela cabeça.

“A amiga da adolescente que morreu e moradora da casa disse que efetuou o disparo acidental contra a colega”, comunicou a Polícia Civil, em informação divulgada à imprensa.

A Delegacia Especializada de Homicídios abriu uma investigação. “A arma do crime, cápsula e projétil foram apreendidos e passarão por perícia”, disse a polícia.

Após o crime, o pai da garota que efetuou o disparo, que é atirador esportivo, foi preso em flagrante por posse ilegal de arma de fogo de uso permitido. Ele foi autuado pelo crime após ser conduzido à delegacia, mas foi liberado ao pagar fiança.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Manaus - AM
Atualizado às 08h42 - Fonte: Climatempo
23°
Pancada de chuva

Mín. 24° Máx. 32°

23° Sensação
4 km/h Vento
94% Umidade do ar
90% (12mm) Chance de chuva
Amanhã (30/09)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 24° Máx. 31°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Quinta (01/10)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 24° Máx. 30°

Sol com muitas nuvens e chuva