Segunda, 03 de Agosto de 2020 19:17
(92) 99183-2565
Cidades Coronavírus

Igreja descumpre toque de recolher; pastor diz que "Covid não existe"

Ele também disse que "quem manda aqui é Deus, e não promotor, prefeito ou governador"; pastor não assinou auto de infração e rasgou o papel na frente dos fiscais..

31/07/2020 12h14
109
Por: Jéssyca Seixas Fonte: IG
Divulgação
Divulgação

Na noite da última quinta-feira (30), uma igreja na cidade de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul , descumpriu o toque de recolher e aglomerou pessoas sem máscaras. Segundo o G1, o pastor da igreja disse à equipe de fiscalização que “O Covid não existe, quem manda aqui é Deus”.

Agentes da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano (Semadur) flagraram a igreja funcionando fora do horário permitido. Ao entrarem no local, fiscais contabilizaram cerca de 60 pessoas no local, o que desrespeita o limite de 30% da capacidade.

Ao ser abordado pelos fiscais, que pediram para que o culto fosse encerrado, o pastor ofendeu os servidores, chamando-os de “corruptos, ladrões, assaltantes” e dizendo que eles só queriam  dinheiro. Ele finalizou dizendo que a Covid-19 não existe e que quem manda na igreja é Deus e “não promotor, prefeito ou governador”.

Segundo informações da Guarda Municipal, o pastor se recusou a assinar um auto de infração e rasgou o documento na frente dos fiscais. Segundo o G1, houve tumulto durante o episódio, o que impossibilitou a prisão em flagrante do pastor.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Manaus - AM
Atualizado às 20h08 - Fonte: Climatempo
31°
Poucas nuvens

Mín. 23° Máx. 35°

33° Sensação
9 km/h Vento
52% Umidade do ar
90% (8mm) Chance de chuva
Amanhã (04/08)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 24° Máx. 33°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Quarta (05/08)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 23° Máx. 32°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.