E-mail

ola@portalholofote.com

WhatsApp

(92) 99183-2565

Apa Móveis/Pneu Forte - 728x90
Crime

Suspeito de matar grávida a facadas mandou jovem abortar, diz mãe da vítima

A Polícia Civil acredita que ela tenha sido morta a facadas, em outro local e apenas sido jogada no igarapé.

20/01/2020 18h34
Por: Jéssyca Lorena
Fonte: Manaus Alerta
335
Reprodução
Reprodução

Novos relatos da família de Myriam Moraes Cruz de 21 anos que foi morta a facadas dão conta de que o namorado Roberto de Brito, queria obrigar a jovem a abortar o filho de quatro meses. A Polícia Civil falou pela primeira vez sobre o caso na tarde desta segunda-feira (20), na Delegacia de Homicídios (DEHS), onde também estiveram os parentes de Myriam fazendo protesto e pedindo justiça.

De acordo com a mãe, Francimara Moraes, a jovem queria demais ter o filho, mas Roberto pelo contrário queria que a jovem abortasse. “Era o primeiro dela, ela me disse ‘mãe se ele não quiser, o problema é dele, mas o filho é meu, quem vai cuidar sou eu, quem vai ter sou eu, não precisar dele para nada’. Ela só ia querer que ele registrasse a criança. Ela jamais ia colocar ele na justiça, procurando pensão”, completou.

 

Apesar de rumores, a Polícia Civil convocou a imprensa nesta segunda-feira para afirmar que Roberto continua foragido, mas, segundo o delegado Charles Araújo, já existe um mandado de prisão em aberto contra o suspeito. “Ele (Roberto) teria sido a última pessoa a encontrar com a vítima e a partir desse momento a vítima sumiu e foi encontrada morta.

Entenda o caso

Myriam e Roberto mantinham uma relação extraconjugal, e a jovem já estava inclusive grávida de quatro meses do rapaz. Myriam foi encontrada morta, dentro de um igarapé, na divisa dos bairros Novo Aleixo e Tancredo Neves, na manhã da última quinta-feira (16). A Polícia Civil acredita que ela tenha sido morta a facadas, em outro local e apenas sido jogada no igarapé.