Publicidade

Carnaval: blocos e bandas poderão acontecer até a meia-noite

A portaria foi assinada na manhã desta segunda-feira (20), pelo secretário de Segurança do Amazonas (SSP-AM), coronel Louismar Bonates

20/01/2020 às 14h59
Por: Fernanda Souza Fonte: D24Am
Compartilhe:
Reprodução
Reprodução

O secretário de Segurança do Amazonas (SSP-AM), coronel Louismar Bonates, assinou, na manhã desta segunda-feira (20), uma portaria que autoriza os blocos e bandas do Carnaval da capital a serem realizados até a meia-noite, assim como foi realizado em 2019. Antes, a determinação era que as festas encerrassem às 23h.

O pedido foi mediado pela Assembleia Legislativa do Amazonas (ALE), por intermédio do deputado Sinésio Campos. Segundo Bonates, neste final de semana, a proposta foi apresentada ao governado do Estado, Wilson Lima, que autorizou a solicitação.

“Nós estivemos reunidos com o governado, este final de semana, para fazer as tratativas de como será a segurança para o carnaval, e ele aquiescer ao pedido dos blocos, e autorizou que nós fizéssemos a portaria com horário de meia-noite. Então, o Carnaval, a exemplo do ano passado, também irá até a meia-noite, cumprindo todas aqueles itens que são necessários para se ter um bom Carnaval”, disse.

Dentre as exigências feitas pelos órgãos de segurança municipais e estaduais, estão a contratação de bombeiro civil, contratação de seguranças e a venda de bebidas fora da área do bloco.

“Nós vamos aumentar as fiscalizações. Nós teremos carros maiores para aquelas bandas que estiverem irregulares, se tiver mesas, vamos apreender, o som vai ser apreendido, de maneira que só irão funcionar aquelas bandas que estiverem cumprindo todos os itens, porque isso reflete na segurança do cidadão que procura esses locais para brincar”, acrescentou Bonates.

O presidente da Associação das Bandas e Blocos do Amazonas, Anderson Santos, afirmou que 70 blocos e bandas estão associados ao grupo. Ele destacou a importância da realização do carnaval de rua na capital.

“Não é só fazer o carnaval de rua, é o que isso também deixa de legado para a comunidade, como a geração de milhares de emprego, que começa de quem monta o palco, até quem vende o abadá, a costureira que faz, e as pessoas da comunidade envolvida. Nós temos também que fazer um carnaval seguro, para não trazer mais problemas ainda para o Estado. E, para isto, nós temos uma associação, hoje, documentada, registrada, que trabalha com todos os seus eventos legalizados para um carnaval seguro”, finalizou.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
°

Mín. ° Máx. °

° Sensação
km/h Vento
% Umidade
% (mm) Chance de chuva
20h00 Nascer do sol
20h00 Pôr do sol
Ter ° °
Qua ° °
Qui ° °
Sex ° °
Sáb ° °
Atualizado às 20h00
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,19 +1,31%
Euro
R$ 5,51 +0,89%
Peso Argentino
R$ 0,01 +1,23%
Bitcoin
R$ 348,038,32 -5,40%
Ibovespa
125,374,39 pts -0.45%
Publicidade