Apa Móveis/Pneu Forte - 728x90
Economia

Josué Neto afirma que medidas adotadas pelo Governo Federal tem alavancado economia do Amazonas

Josué Neto também afirmou que existe uma discussão muito séria nas redes sociais e na imprensa nacional em que afirmam que o Governo Federal não destina recursos para as áreas sociais do Estado.

04/12/2019 11h54
Por: Fernanda Souza
Fonte: No Amazonas é assim
90
Reprodução
Reprodução

O presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), Josué Neto disse, na última terça-feira (03), que a economia do Amazonas está crescendo graças as medidas adotadas pelo Governo Federal, inclusive na área social, para onde já destinou R$ 725,7 milhões, de janeiro a outubro deste ano, só para a população do interior do Amazonas, através do Bolsa Família.

Josué Neto também afirmou que existe uma discussão muito séria nas redes sociais e na imprensa nacional em que afirmam que o Governo Federal não destina recursos para as áreas sociais do Estado. “Somente no interior do Amazonas, o Bolsa Família pagou de janeiro a outubro deste ano, R$ 725 milhões e em Manaus o Governo de Bolsonaro pagou R$ 200 milhões no mesmo período”, disse o parlamentar.

De acordo com o deputado estadual, a economia do Estado tem melhorado bastante. “Eu conversava com um industriário que trabalha no Distrito Industrial que fabrica caixa de papelão. Ele disse que tem recebido três vezes mais pedidos relacionados ao ano passado. Isso para as compras de natal e final de ano deste ano de 2019. Isso significa dizer que o PIM (Polo Industrial de Manaus) está produzindo bem além do que produziu no ano de 2018, então esses números que eu trouxe refletem que a economia do Amazonas tem crescido, tem sido pujante e não está diferente dos demais estados brasileiros. As medidas adotadas pelo Governo Federal tem demonstrado índice crescente na economia do Brasil e aqui do Estado do Amazonas”, afirma Josué Neto.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.