Apa Móveis/Pneu Forte - 728x90
Julgamento

Sotero se diz transtornado e pede ao júri que julgue com razão e não apenas emoção

O julgamento entrou em pausa para o almoço no Fórum Henoch Reis.

29/11/2019 13h56
Por: Jéssyca Lorena
Fonte: Portal do Holanda
325
Reprodução
Reprodução

O delegado Gustavo Sotero está sendo ouvido nessa sexta-feira (29) no último dia de julgamento do assassinato do advogado Wilson Justo Filho, ocorrido no dia 25 e novembro de 2017. Em resposta ao seu advogado de defesa Cláudio Dalledone, Sotero declarou que espera do júri um julgamento com razão e não apenas com emoção. 

A resposta do delegado foi a uma pergunta referente a sua última chance de defesa. 

O advogado perguntou: “Senhor Sotero, sabendo que essa é sua última chance de defesa, o que você tem a dizer ao júri? Sotero responde: "Primeiramente eu quero que saibam que eu estou muito triste, transtornado. Eu peço perdão a família, e digo que ninguém merece isso. Mas peço que julguem com razão, não apenas com emoção. Aquilo que aconteceu naquela noite foi horrível. Eu peço um julgamento justo, só isso”, pediu o delegado. 

O advogado ainda questionou qual foi a motivação para o assassinato de Wilson Justo, se ele agiu de surpresa, de caso pensado ou conhecia a vítima. Botero declarou: Não, nunca! Eu jamais fui atrás dele. Eu só queria sair dali. Eu não conhecia eles”, informou Sotero. 

O julgamento entrou em pausa para o almoço no Fórum Henoch Reis.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.