Apa Móveis/Pneu Forte - 728x90
EXECUÇÃO

Outro membro da FDN é executado pelo Comando Vermelho, em Manaus

Os crimes, segundo a polícia, podem estar relacionados. Um aconteceu no Viver Melhor 2 e o outro no Monte Horebe

21/10/2019 11h33
Por: Fernanda Souza
Fonte: Em tempo
230
Reprodução
Reprodução

Minutos após um homem ser executado no conjunto Viver Melhor 2, outro assassinato foi registrado com as mesmas características na invasão Monte Horebe, também na Zona Norte de Manaus.  

Jhon Keven Ferreira Alves, de 20 anos, foi morto com vários tiros de pistola e fuzil, na madrugada desta segunda-feira (21), por integrantes da facção criminosa Comando Vermelho (CV). 

Wendel estava dentro de casa quando foi arrastado à força e morto em seguida por, aproximadamente, três ou quatro homens. 

Os criminosos deixaram várias cápsulas de munições deflagradas de fuzil e pistola na cena do crime. O corpo de Jhon Keven estava crivado e com as vísceras expostas. A polícia informou que o jovem era envolvido com o tráfico de drogas e integrante da facção criminosa Família do Norte (FDN). 

Para a polícia, os criminosos que executaram Wendel Santana da Silva, de 20 anos, no Viver Melhor 2, são os mesmos autores da morte de Jhon Keven. 

A família de Jhon estava, na manhã de hoje, na sede do Instituto Médico Legal (IML), esperando a liberação do corpo, mas preferiu não comentar sobre o crime.

Crime no Viver Melhor

Por volta das 3h30, policiais militares da 26ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) foram acionados para uma ocorrência de tiroteio na rua Jamandi, no conjunto residencial Viver Melhor 2, no bairro Lago Azul. 

Ao chegar ao local, a equipe policial encontrou Wendel Santana morto com vários tiros de fuzil espalhados pelo corpo. Conforme a polícia, as mortes estão relacionadas a brigas de facções criminosas.

A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) vai investigar os assassinatos.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.