Apa Móveis/Pneu Forte - 728x90
Assalto

Após se assustar, menina é esfaqueada em casa por assaltante

Vítima passou por cirurgia e está em estado grave.

18/10/2019 19h02
Por: Jéssyca Lorena
Fonte: Metrópoles
397
Divulgação
Divulgação

Uma menina de seis anos foi internada em estado grave após ser esfaqueada dentro de casa em Rio Verde, sudoeste de Goiás. De acordo com relatos dos pais da garota à polícia, um ladrão teria invadido a residência da família na madrugada de quinta-feira (17/10/2019) e atingido a menina com um golpe na barriga após ela se assustar e começar a gritar.

Segundo a Polícia Civil do município goiano, a linha de investigação, inicialmente, é de tentativa de latrocínio. As informações são do G1 Goiás.

O crime ocorreu no bairro São João. Conforme o que foi apresentado pela Polícia Militar na delegacia, o criminoso teria pulado o muro do quintal e entrou na casa. A família revelou que tem o hábito de deixar a porta destrancada. Informações repassadas pela mãe da menina aos policiais que estiveram no local dão conta de que a vítima dormia no quarto sozinha.

Os pais da criança acordaram com o grito da filha e viram o bandido fugindo pela porta. Ele levou dois aparelhos celulares do casal e, segundo a polícia, deixou em cima da cama da garota outro telefone, que teria sido furtado na cidade no dia 14 de outubro.

Após deixar a faca utilizada no chão da sala, o ladrão saiu correndo para o quintal e pulou o muro, que dá acesso a um lote baldio. Uma equipe do Corpo de Bombeiros levou a menina ao Hospital de Urgência da Região Sudoeste, em Santa Helena. A vítima teve hemorragia e o seu quadro é grave.

De acordo com assessoria de imprensa da unidade de saúde, “a paciente passou por uma cirurgia no período da manhã e foi transferida para a UTI pediátrica”. O delegado regional de Rio Verde, Carlos Roberto Batista, informou que equipes das polícias Civil e Militar estão nas ruas para identificar o suspeito.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.