Apa Móveis/Pneu Forte - 728x90
ASSASSINATO

Dirigente de time e jogador são mortos após vitória de partida de futebol

Membros do time 'Red Bull Manaus' celebravam 5x2 em campeonato no bairro São Francisco, quando foram surpreendidos por atiradores. Um torcedor, de apenas 14 anos, também foi morto

14/10/2019 08h28
Por: Fernanda Souza
Fonte: Acrítica
312
Reprodução
Reprodução

Gidenildo dos Santos Gaudencio, de 30 anos, Eduardo Monteiro da Silva, de 32, e o adolescente Marcos Vinicius Ribeiro da Costa, de 14 anos e foram mortos, na noite de sábado (13), após serem atingidos por tiros na Rua Walter Rayol, no Centro da capital. As vítimas eram membros e torcedor do time de futebol “Red Bull Manaus” e comemoravam a vitória da equipe, ocorrida horas antes.

Segundo informações de testemunhas, o trio estava comemorando a vitória do time de futebol em um campeonato de futebol amador do bairro do São Francisco, na Zona Sul. Gidenildo Gaudêncio era jogador do time, Eduardo Monteiro era dirigente da equipe e Marcos Vinicius era torcedor.

A equipe jogou no campeonato na tarde de sábado e venceu por 5x2. Quando o jogo acabou, o time foi para a sua sede, na rua Ipixuna, no Centro, para comemorar a vitória. A via dá acesso ao Prosamim do Igarapé de Manaus, local onde aconteceu o fato.

Testemunhas contaram que, por volta de 19h30, membros e torcedores do time estava consumindo bebidas alcoólicas e jogando sinuca, quando algumas pessoas chegaram e efetuaram os disparos. Ninguém soube dizer quem eram os criminosos e como elas tinham chegado ao local.

Gidenildo, Marcos e Eduardo morreram antes de chegar ao Hospital 28 de Agosto. Mais dois foram baleados, mas não correm risco de morte. Um vídeo que circula pelas redes sociais mostra os moradores socorrendo os feridos e colocando em uma picape Fiat Toro de Cor Branca.

O time postou em sua página uma nota lamentando o ocorrido. “É um pós-jogo muito triste para Red Bull Manaus que perde seu membro da diretoria, atleta e torcedor, onde todos eles que acreditavam em nosso projeto (sic)”, comunicou a equipe ao decretar luto.

A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) vai investigar o caso.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.