Apa Móveis/Pneu Forte - 728x90
Estupro

Em Manaus, mãe pede para filha perdoar padrasto que a estuprava há 10 anos

Ela já tinha revelado o crime para a mãe, porém, a mulher ignorou o fato e se tornou conivente com a situação.

20/09/2019 13h06
Por: Jéssyca Lorena
Fonte: Observatório Manaus
2.347
Reprodução
Reprodução

Um homem preso sob suspeita de estuprar a enteada por mais de 10 anos foi apresentado nessa sexta-feira (20), na Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca) .

Os abusos aconteciam na casa da família localizada no bairro Jorge Teixeira, na Zona Leste. Segundo a delegada Joyce Coelho, em depoimento a vítima contou que era abusada desde os cinco anos.  Ela conta que tudo começou com brincadeiras ousadas da parte dele.

Ela já tinha revelado o crime para a manhã, porém, a mulher ignorou o fato e se tornou conivente com a situação. Por causa disso ela também está sendo indiciada: “A mãe inclusive se negou a trazer a filha para receber atendimento psicossocial aqui na delegacia quando nós notificamos.

Então não há dúvida dessa omissão dela e ela também esta sendo indiciada junto com o companheiro”, explicou Joyce. Desesperada com a situação a menina contou sobre os estupros para as tias (irmãs da mãe), que levaram o caso a polícia. 

Após a denúncia esposa do homem também teria tentado dificultar o trabalho da polícia orientado a vítima a desmentir a versão do estupro. A delegada conta que a mulher chegou a pedir que a menina perdoasse o padrasto. Com a pressão, a adolescente já teria tentado até suicídio.

A investigação em torno do caso durou cerca de seis meses e no decorrer da mesma, foi descoberto que o acusado já tem passagem pelo mesmo crime.

Atualmente ele estava no regime semiaberto. Com a reincidência, ele foi preso novamente na tarde dessa quinta-feira (19) e deve voltar para o presídio.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.