E-mail

ola@portalholofote.com

WhatsApp

(92) 99183-2565

Apa Móveis/Pneu Forte - 728x90
Quadrilha

Quadrilha é presa por furtar fios de cobre de empresa de telefonia

Entre presos está um foragido da Justiça de Boa Vista condenado pelo crime de estupro. Grupo foi preso ao tentar efetuar roubo nos bairros Educandos e Distrito Industrial

12/09/2019 08h28
Por: Fernanda Souza
Fonte: Acrítica
150
Reprodução
Reprodução

Quatro homens foram presos suspeitos de furtar fios de cobre de uma empresa de telecomunicações de Manaus. A prisão ocorreu na madrugada desta terça-feira (10), depois de uma denúncia anônima feita à Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (Derfd).

Foram presos em flagrante Bruno Costa de Carvalho, de 22 anos; Edgar Souza, de 39; Geovane Barroso dos Santos, de 33, e Gregony Rocha Carvalho, de 34 anos.

A ação, coordenada pelos delegados Guilherme Torres e Demetrius Queiroz, titular e adjunto, respectivamente, da Derfd, teve início após registros de Boletins de Ocorrência (BO) feitos pela empresa de telecomunicação.

De acordo com o titular da especializada, depois de receberem denúncia anônima informando sobre a prática dos furtos nas imediações do Educandos e do Distrito Industrial, ambos na Zona Sul de Manaus, policiais se deslocaram até a área para flagrar os indivíduos.

“Ao chegarmos no local informado e constatarmos que o grupo estava fazendo o furto de fios de cobre, esperamos o momento certo e surpreendemos os infratores, momento em que dei voz de prisão a eles. Nós estamos intensificando investigações envolvendo delitos como esse, que chegam a causar prejuízo estimado em cerca de meio milhão de reais”, explicou Torres.

Segundo a polícia, Geovanne já havia sido preso em uma ação policial realizada no dia 30 de agosto, após cometer o mesmo delito. Já Edgar Souza é foragido da Justiça de Boa Vista há dois anos, condenado pelo crime de estupro a uma pena de 8 anos de reclusão.

O quartero foi autuado em flagrante por furto qualificado. Ao término dos procedimentos cabíveis no prédio da Derfd, o trio será levado para audiência de custódia, no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, bairro São Francisco, zona sul de Manaus.

De janeiro a agosto, já foram instaurados 28 Inquéritos Policiais (IPs) e 44 pessoas foram presas pela autoria desse tipo de delito.