Apa Móveis/Pneu Forte - 728x90
Governo

Bolsonaro diz que Michelle está abatida após revelações sobre família

O chefe do Executivo confirmou todos os fatos, mas questionou ‘o ganho jornalístico’ com a reprodução das informações.

16/08/2019 18h24
Por: Jéssyca Lorena
Fonte: Metrópoles
500
Reprodução
Reprodução

O presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), afirmou, na tarde desta sexta-feira (16/08/2019), que a primeira-dama, Michelle Bolsonaro, está abatida e arrasada após a publicação da história trágica de sua família, divulgada pelo Metrópoles. A matéria revelou que a avó de Michelle já foi presa por tráfico de drogas, a mãe falsificou documentos e dois tios tiveram problemas com a Justiça. O chefe do Executivo confirmou todos os fatos, mas questionou “o ganho jornalístico” com a reprodução das informações.

“É questão familiar e eu não deveria falar, mas vou falar em consideração a vocês. A matéria não é mentirosa, é verdadeira. A avó dela, há uns 20 e poucos anos, foi condenada por tráfico de drogas. Três anos de cadeia. Cumpriu. Agora, é justo levantar isso?”, perguntou Bolsonaro.

O presidente disse ainda que Michelle tem mais de 100 parentes morando em uma região menos favorecida de Brasília e que, se alguém procurar, vai encontrar mais coisas. “Ela tem quase 100 parentes na Ceilândia, um lugar pobre. Se for procurar, vai achar mais coisa de parente”, disse.

Bolsonaro criticou a publicação da matéria, avaliando que a atuação de Michelle em projetos sociais foi prejudicada. “Para que esculachar a minha esposa? Dizer que ela não tem legitimidade para fazer o trabalho social que ela faz. Ela está abatida”, declarou. O presidente lamentou ainda a exposição da avó da primeira-dama. “É uma senhora que já tem seus problemas pela idade. Faixa de 80 anos. E agora está todo mundo sabendo na vizinhança que ela foi condenada no passado e cumpriu três anos de cadeia”, avaliou.

Entenda

Nessa quinta-feira (15/08/2019), o Metrópoles revelou detalhes sobre o passado da família de Michelle Bolsonaro. Com base em inúmeros documentos, momentos tristes vividos por parentes da primeira-dama vieram à tona. A avó, a mãe e dois tios tiveram envolvimento com a polícia. Os relatos expõem os extremos do Brasil. De um lado, o centro do poder, em Brasília. Do outro, a criminalidade que acerca a periferia do Distrito Federal.

A avó, Maria Aparecida, esteve confinada na Colmeia – penitenciária feminina de Brasília – por tráfico de drogas. O caso ocorreu em 1997. Aos 57 anos, ela já tinha netos. Michelle, na época, estava com 15 anos. Hoje, vive em Ceilândia, em uma casa humilde e em condições precárias.

Já a mãe, Maria das Graças, foi indiciada pela tentativa de tirar documento com o uso de uma certidão falsa. Além disso, mudou o nome sem aval da Justiça para “Mirele das Graças”. Em ambos os documentos, ela informou que era mais jovem. Familiares afirmaram que “das Graças” tomou a iniciativa por vaidade.

Um dos tios foi condenado por estupro e está foragido. Já o outro, foi acusado de envolvimento com milícias e está detido.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Manaus - AM
Atualizado às 11h31
30°
Poucas nuvens Máxima: 33° - Mínima: 22°
33°

Sensação

7 km/h

Vento

62%

Umidade

Fonte: Climatempo
Pneu Forte - 300x250
Municípios
Apa Móveis - 300x250
Últimas notícias
Mais lidas