Apa Móveis/Pneu Forte - 728x90
Crime

Empresário que arrastou vendedora por 100m no DF é indiciado por roubo

A namorada dele também foi indiciada pelo mesmo crime. Em depoimento, casal disse que era uma brincadeira

26/06/2019 18h15
Por: Jéssyca Lorena
Fonte: Metrópoles
219
Divulgação
Divulgação

A Polícia Civil do DF indiciou, nesta quarta-feira (26/06/2019), Willian Weslei Lelis Vieira e Larissa Alves de Andrade da Cunha por crime de roubo, com aumento de pena pelo concurso de pessoas. Ele dirigia o carro que arrastou por mais de 100 metros a vendedora de balões Marina Izidoro de Morais, de 63 anos, na saída de uma festa junina na Área Especial 1, em Taguatinga Sul, no dia 15/06/2019. Havia uma expectativa de que o indiciamento fosse por tentativa de homicídio.

Segundo a PCDF, o indiciamento resultou de diligências realizadas pela 12ª Delegacia de Polícia (Taguatinga Centro). De acordo com as investigações, restou comprovado que ambos, agindo de comum acordo e com divisão de tarefas, subtraíram os balões da vítima, arrastando a mulher, gerando lesões corporais nela.

A PCDF informa que o inquérito policial está em fase final e, em breve, será encaminhado ao Poder Judiciário para análise. O delegado que investigou o caso não se manifestou à imprensa. O Metrópoles tenta contato com a defesa do casal.

Willian Weslei Lelis Vieira está com o direito de dirigir suspenso. Além disso, acumula infrações de trânsito e denúncias registradas na Polícia Civil do DF. Entre fevereiro de 2016 e maio de 2019, a Mercedes-Benz de Willian foi flagrada cometendo nove infrações por excesso de velocidade e quatro por estacionar em local proibido, além de ter provocado um acidente de trânsito sem vítimas. As multas foram expedidas pelo Departamento de Trânsito do DF (Detran), Departamento de Estradas de Rodagem (DER) e Departamento Nacional de Infraestrutura no Trânsito (Dnit).

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.