Apa Móveis/Pneu Forte - 728x90
Crime

'Desejava matar para ver como é', diz jovem que esquartejou estudante

"Ele narrou que cortou o pescoço da estudante, abriu o chuveiro esperou drenar todo o sangue," explicou o delegado responsável pelo caso

13/06/2019 11h00
Por: Fernanda Souza
Fonte: Portal Atualizado
283
Divulgação
Divulgação

Na última segunda-feira (10), a estudante Yasmin da Silva Nery, de 16 anos, foi encontrada morta e esquartejada, em Araraquara, em São Paulo. De acordo com informações do G1 São Paulo, o suspeito de cometer o crime, um jovem de 17 anos, já foi detido pela Polícia Civil e explicou a motivação do crime: "desejava matar para ver como é".

O jovem também explicou que a vítima foi escolhida ao acaso. O suspeito teve ajuda da ex-namorada para transportar as partes do corpo de Yasmin Silva.

"Ele contou que a parte do corpo guardada na casa dele era um troféu. Pouco antes de deixar a delegacia, disse que não estava arrependido. A ex-namorada apresentou algum arrependimento na frente da mãe, mas quando ela estava com a gente até dava risada do que estava acontecendo", contou o delegado Fernando Bravo, da Delegacia de Investigações Gerais (DIG). A polícia ainda procura partes do corpo da estudante que foram jogadas na rede de esgoto. As investigações levaram ao suspeito depois que a família de Yasmin contou que o último contato dela tinha sido com o adolescente.

"Inicialmente ele estava muito nervoso, começou a apresentar versões contraditórias. Saímos com diligências e, chegando na casa onde ele mora com a mãe, ele já começou a nos dizer que realmente ia falar a verdade e acabou confessando que tinha matado", disse o delegado.

 
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.