Campanha Governo Modernização
Habeas Corpus

Justiça nega pedido de liberdade de policial civil que matou PM em casa de show

Agente permanece na carceragem da PCDF. Ele atirou em tenente após esbarrão.

18/04/2019 12h54
Por:
Fonte: G1
209
Divulgação
Divulgação

A Justiça negou pedido de liberdade do policial civil Péricles Marques Portela Junior acusado de matar o tenente da polícia militar Herison de Oliveira Bezerra em uma casa de shows, no Distrito Federal, na madrugada desta segunda-feira (15).

A Polícia Civil do Distrito Federal informou na manhã desta quinta-feira (18), que Péricles Marques permanece na Divisão de Controle e Custódia de Presos, na carceragem da PCDF.

Ao negar o habeas corpus da defesa, o desembargador José Jacinto Costa Carvalho ressaltou decisão da juíza Flávia Pinheiro Brandão Oliveira que determinou a prisão preventiva do policial.

"Em resguardo à ordem pública, considero a elevada periculosidade social do autuado, tendo em vista que, após um simples esbarrão em um estabelecimento comercial que estava muito cheio teria sacado sua arma de fogo e efetuado disparos em desfavor da vítima".

Imagens de uma câmera de segurança do local mostram que após um esbarrão, os dois policiais sacaram as armas.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Manaus - AM
Atualizado às 08h24
24°
Poucas nuvens Máxima: 32° - Mínima: 24°
24°

Sensação

14.8 km/h

Vento

74.8%

Umidade

Fonte: Climatempo
Municípios
Apa Móveis - 300x250
Últimas notícias
Mais lidas