100 DIAS DE GOVERNO - GOVERNO DO AMAZONAS
Lixo
Feiras de Manaus desperdiçam cerca de 90 toneladas de alimentos por dia
Titular da Sepror anunciou plano para reduzir a quantidade de alimentos que são desperdiçados nas mais de 45 feiras ativas na capital amazonense
11/02/2019 09h38Atualizado há 2 meses
Por: Larissa Botelho
Fonte: A crítica
101
Divulgação
Divulgação

A feirante Maria Cunha, de 43 anos, confirma o que as estimativas da Secretaria Estadual de Produção (Sepror) revelaram. Nas feiras de Manaus, todos os dias são despediçados cerca de 90 toneladas de alimentos. “Todo dia vejo o desperdício desenfreado de comida que não foi vendida, mas que ainda está boa para comer. Mesmo o lixo da feira misturando alimento com sujeira em geral, a gente percebe que o que mais enche os sacos são legumes e verduras”, disse. 

A estimativa do desperdício de alimentos foi divulgada pelo secretário da Sepror, Petrúcio Magalhães, em uma reunião com agricultores familiares na qual ele anunciou um plano de redução de hortaliças, frutas e peixes jogados no lixo. Apesar do período atual ser ruim para as vendas devido as chuvas afugentarem grande parte da clientela, Maria explicou que os produtos são descartadas principalmente quando chegam “machucadas” na feira. 

“Ninguém gosta de comprar uma fruta ou um legume quando está com alguma mancha por fora. Além disso, os itens que não conseguimos vender se estragam rápido, porque nem todo mundo tem refrigerador para conservar, aí não tem outro lugar para jogar”, explicou.

Atualmente, a capital abriga 45 feiras administradas pela prefeitura. A Secretaria Municipal de Agricultura, Abastecimento, Centro e Comércio Informal (Semacc) informou que os principais itens desperdiçados são as hortaliças, como cebolas, cenouras, pimentões e principalmente tomates. 

“Pela própria logística de transporte dos alimentos, existe um intervalo de quase 20 dias entre o distribuidor e o feirante, em que parte das cargas naturalmente são desperdiçadas ou machucadas, quando batem em algo. O tomate, como vem de fora, são os mais propensos a perecer”, detalha nota oficial do órgão.

O motorista do caminhão de lixo, Francisco Silva, transporta por dia uma média de 18 a 20 toneladas de lixo da Feira da Banana, uma das maiores na comercialização de frutas em Manaus. Para ele, mais da metade do que ele leva ao aterro sanitário é alimento que ainda serviria para a mesa de alguém. “Temos três caminhões exclusivos para essa feira, e que são cheios três vezes por dia. Acompanho as caixas que chegam a encher o caminhão e, mesmo por alto, dá para ver que quase nada é lixo. Pedaços de frutas, outras ainda inteiras, que se acumulam e dariam para encher um bocado de prato”, opinou.

A Secretaria Municipal de Limpeza Pública (Semulsp) apontou que em 2018, aproximadamente 128,2 toneladas de lixo foram recolhidos por dia nas feiras de Manaus. A assessoria acrescentou, no entanto, que nem tudo foi necessariamente alimento, pois não houve coleta seletiva do que podia ser aproveitado.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Manaus - AM
Atualizado às 06h04
24°
Muitas nuvens Máxima: 30° - Mínima: 24°
24°

Sensação

13.1 km/h

Vento

77%

Umidade

Fonte: Climatempo
Pneu Forte - 300x250
Municípios
Apa Móveis - 300x250
Últimas notícias
Mais lidas