Apa Móveis/Pneu Forte - 728x90
5º Constitucional

Maioria dos advogados da OAB-AM quer Francisco Maciel como desembargador

A eleição acontecerá no Campus da Unip, bairro Flores, na Zona Centro-Sul de Manaus, das 8h às 17h. Trinta e três advogados concorrem à vaga para compor a Corte do TJAM.

Bastidores do Poder

Bastidores do PoderÉ uma coluna do Portal Holofote que publica assuntos sobre Política, Justiça e Economia.

21/05/2018 19h03Atualizado há 1 ano
Por: Portal Holofote
Fonte: Portal Holofote
2.948
Hudson Barros
Hudson Barros

No próximo sábado, 26, acontece a eleição que vai escolher a lista sêxtupla para o cargo de Desembargador pelo Quinto Constitucional da Advocacia perante o Tribunal de Justiça do Estado do Amazonas (TJAM). A eleição acontecerá no Campus da Unip, bairro Flores, na Zona Centro-Sul de Manaus, das 8h às 17h. Trinta e dois advogados concorrem à vaga para compor a Corte do TJAM.

A maioria dos advogados da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Amazonas (OAB-AM) quer o Dr. Francisco Maciel como desembargador. Hoje, 21, circulando pelos corredores dos tribunais de justiça do Estado e acompanhando as movimentações nas redes sociais, vimos o crescimento meteórico do candidato, que agora aparece como o preferido pela maioria dos advogados do Estado. Maciel, inclusive, resolveu intensificar as visitas aos escritórios jurídicos de Manaus e vem ganhando apoio de autoridades de peso na reta final da campanha.

Em vídeo publicado nas redes sociais, o presidente da seccional do Amazonas, Marco Aurélio Choy, disse que, quando membro do Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM), Francisco Maciel respeitava muito bem as prerrogativas da advocacia. “Maciel está muito bem credenciado nessa disputa para a vaga de desembargador.”, disse.

Francisco Maciel, que entre os anos de 2006 a 2010 exerceu o cargo de juiz no TRE-AM, graduou-se em Direito pela Universidade Federal do Amazonas (UFAM) no ano de 1990. Fez pós-graduação em Direito Tributário na Fundação Getúlio Vargas e ao longo de quase 30 anos de vida pública, acumula experiência, serenidade e conhecimento técnico, fatores que o colocam agora como o ‘pole-position’ da disputa pelo Quinto Constitucional.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.