Quinta, 18 de outubro de 2018
(92) 99183-2565
Cidades

16/05/2018 ás 15h14 - atualizada em 16/05/2018 ás 15h17

239

/

UBS Fluvial de Barreirinha vai atender 21 comunidades da Zona Rural
A equipe é formada por médicos, odontólogos, técnicos em enfermagem. Ao todo, são 25 profissionais evolvidos nessa ação
UBS Fluvial de Barreirinha vai atender  21 comunidades da Zona Rural

A Unidade Básica de Saúde Fluvial (UBSF) da Prefeitura de Barreirinha (a 330 quilômetros de Manaus) saiu ontem, 15, para realizar atendimentos de consultas médicas, odontológicas, vacinação, além de ações preventivas da Saúde aos ribeirinhos do município a partir desta  quarta-feira, 16.


De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), a equipe pretende ficar em média 13 dias atuando na Zona Rural, e a expectativa é que sejam realizados 5 mil atendimentos.  Nessa viagem, a UBSF irá atender as comunidades do Rio Andirá que, de acordo com um levantamento de perfil epidemiológico feito pela Semsa, é o local onde as comunidades são mais dispersas e a dificuldade de acesso à saúde é maior.


Segundo o secretário de Saúde de Barreirinha, Dario Aguiar, o atendimento móvel dispõe de uma grande estrutura profissional para realizar os atendimentos. A equipe é formada por médicos, odontólogos, técnicos em enfermagem. Ao todo, são 25 profissionais evolvidos nessa ação. "Vale ressaltar que a viajem está sendo realizada somente com recursos próprios da Prefeitura de Barreirinha e estava somente aguardando o processo de credenciamento do veículo junto ao governo federal para que pudesse ser realizada", completou Aguiar.


Distritos


Os trabalhos iniciam hoje, 16, contemplando os distritos de São João do Massauari, Samaúma  Xibuí, Nossa Senhora de Nazaré, Nova Jerusalém, São Bento, distrito do Piraí, Tigre, Coatá, Ypiranga, Pindobal, distrito de Ariaú, Lírio dos Vales, São Marcos, Trindade, São Pedro, distrito de Santa Tereza do matupiri, Boa Fé, Ituquara, Boas Novas e São Paulo do Açú.


O prefeito  de Barreirinha, Glênio Seixas, já planeja as próximas viagens para facilitar os atendimentos e oferecer atendimento médico de qualidade aqueles que residem nas margens dos rios.  "Era uma de minhas preocupações iniciar os atendimentos o quanto antes, infelizmente, enfrentamos os processos burocráticos que atrasaram essa ida. Agora tudo está pronto e vamos levar os atendimentos de assistência à saúde que tanto nosso povo precisa. Começamos pelo Rio Andirá e logo o Paraná do Ramos e as demais comunidades serão atendidas da mesma maneira", explicou o prefeito.

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados