domingo, 19 de agosto de 2018
(92) 99183-2565
Polícia

15/05/2018 ás 10h09 - atualizada em 15/05/2018 ás 10h13

495

/

Defensoria bloqueia R$900 mil de empresários suspeitos de aplicar golpes financeiros em Manaus
O golpe consistia na promessa de redução em até 50% do valor da parcela a ser pago pelo financiamento de automóveis
Defensoria bloqueia R$900 mil de empresários suspeitos de aplicar golpes financeiros em Manaus

Na manhã de segunda-feira, dia 14, o defensor público Carlos Almeida Filho, titular da Defensoria Pública Especializada em Atendimento de Interesses Coletivos (DPEAIC), concedeu entrevista coletiva para anunciar que, por meio de uma tutela de urgência, a Defensoria Pública do Estado do Amazonas (DPE-AM) conseguiu bloquear R$ 900 mil relativos aos bens das empresas HBM Assessoria de Crédito LTDA. e  Confiance Recuperadora de Crédito Eireli – ME de seus sócios proprietários e funcionários envolvidos num golpe de estelionato que vitimou pelo menos 250 pessoas em Manaus.


O golpe consistia na promessa de redução em até 50% do valor da parcela a ser pago pelo financiamento de automóveis. Assim, as vítimas achavam que estavam renegociando a dívida, contudo as empresas envolvidas no golpe não tinham nenhum vínculo financeiro com as instituições responsáveis pelo financiamento do carro, o que em alguns casos gerou a perda do veículo para algumas vítimas.


O caso chegou até a DPEAIC no final de abril deste ano, após o anúncio da prisão da gerente Cyntia Valeria Belo Pereira, responsável pela empresa HBM Assessoria,  durante uma operação da Polícia Civil do Estado do Amazonas, por cometer estelionato.


“Esse bloqueio de bens e de recursos era essencial para garantir o ressarcimento das vítimas. Por isso, alertamos para que possíveis vítimas compareçam aqui na sede da DPEAIC. Justamente por não termos como dimensionar o valor total do golpe, fizemos uma estimativa baseada nos dados fornecidos pela Delegacia Especializada em Direitos do Consumidor, que identificou 250 vítimas. Esses R$ 900.000,00 bloqueados estão inseridos num montante de R$ 2.941.768,00, que foi o valor que calculamos e explicitamos na petição’’, explanou o defensor Carlos Almeida.


A Defensoria Pública Especializada em Atendimento de Interesses Coletivos (DPEAIC) fica na Rua 24 de maio, 321, Centro, e funciona de segunda-feira à sexta-feira, de 8h às 14h.

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados