Sexta, 17 de agosto de 2018
(92) 99183-2565
Polícia

20/04/2018 ás 20h47

782

/

Polícia prende quadrilha envolvida na morte de vigilante de empresa do Distrito
Após a vitima ser alvejada, os infratores fugiram sem levar a carga que pretendiam roubar.
Polícia prende quadrilha envolvida na morte de vigilante de empresa do Distrito

Integrantes de uma quadrilha envolvida no latrocínio do vigilante Charles Frank Silva, 46, de uma empresa do Distrito Industrial, zona Sul, foram presos na madrugada desta sexta-feira, 20/04, logo após cometerem o crime.


O carregador de cargas Eliton Pandura Ramos, 34; Mateus Trindade Sales, 21; Raimundo Freires da Silva Souza, 33, chamado de “Curica”; Rainel Farias Nunes, 39, e Tassio Farias da Silva, 23, foram presos em flagrante, e um adolescente de 17 anos, foi apreendido. 


Conforme o delegado Adriano Felix, os infratores planejavam roubar uma carga de aparelhos eletrônicos, avaliada em R$ 400 mil. Para realizar a ação, eles utilizaram um veículo da montadora Fiat, modelo Strada, de placas JWW-6535; um carro da montadora Volkswagen, modelo Gol, de cor branca e placas PHB-3242, além de um caminhão baú, que havia sido roubado no dia 17 de abril deste ano, no bairro Praça 14 de Janeiro, zona sul.


Mateus, Raimundo, Rainel, Tassio e o adolescente foram surpreendidos pelo vigilante da empresa, que reagiu à abordagem. Nesse momento, Rainel efetuou um disparo de arma de fogo que atingiu a cabeça da vítima, que ainda chegou a ser socorrida e levada ao Hospital e Pronto-Socorro Doutor João Lúcio Pereira Machado, na zona leste, onde foi a óbito logo em seguida. O vigilante tinha 46 anos.


Após o homem ser alvejado, os infratores empreenderam fuga do lugar sem levar a carga que pretendiam roubar. Eliton teria repassado informações privilegiadas aos comparsas sobre a estrutura e movimentação da empresa. 


Eliton, Mateus, Raimundo, Rainel e Tassio foram autuados em flagrante por latrocínio, corrupção de menores e associação criminosa. Eles ainda serão indiciados pelo roubo e furto cometidos. Ao término dos procedimentos cabíveis na especializada, eles serão levados para Audiência de Custódia. O adolescente irá responder por ato infracional análogo aos crimes de latrocínio e associação criminosa. Após os trâmites legais, ele será encaminhado à Delegacia Especializada em Apuração de Atos Infracionais (Deaai).


 
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados