Terça, 18 de dezembro de 2018
(92) 99183-2565
Polícia

08/04/2018 ás 16h51 - atualizada em 09/04/2018 ás 00h28

4.564

Portal Holofote

Manaus / AM

Ex-vereador é preso suspeito de aplicar golpes em aposentados, em Iranduba
Segundo a polícia, homem conseguia dados de beneficiários do INSS, fazia falsos cadastros para receber a aposentadoria e conseguir empréstimos no lugar dos idosos. Suspeito nega os crimes
Ex-vereador é preso suspeito de aplicar golpes em aposentados, em Iranduba
Jander Robson/Portal A Crítica

O ex-vereador Edmilson Carneiro Neto, 62, foi preso na manhã deste domingo (8), em Iranduba (a 27 km de Manaus em linha reta), por suspeita de aplicar golpes em idosos aposentados pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).  Ele era investigado por quase dois meses, após uma única vítima registrar Boletim de Ocorrência no 14º Distrito Integrado de Polícia, segundo informou o delegado plantonista, Cícero Túlio.


De acordo com Túlio, Edmilson conseguia, no INSS, dados de idosos que recebem a aposentadoria, em seguida fazia falsos cadastros, mas com informações verdadeiras de beneficiários. Posteriormente ele conseguia abrir contas bancárias e, por fim, recebia o benefício de um idoso. “Ele possui alguém no INSS que consegue esse cadastro para ele. Ainda não identificamos, mas estamos investigando”, explicou.


Túlio relatou ainda que Edmilson, em posse dos cadastros oficiais dos idosos, abria conta de telefone móvel e em seguida, além de receber o benefício no lugar do aposentado, fazia empréstimos nos nomes das vítimas. “Ele conseguia abrir conta de telefone para poder ter o comprovante de residência, então ele ia ao banco e conseguia fazer empréstimos”, contou, revelando que ele conseguia faturar R$ 200 mil por mês com os golpes.


“Somente no último golpe, ele deu prejuízo de R$ 50 mil para a vítima e sacou R$ 6 mil do benefício dela”, ressaltou. Segundo o delegado, o ex-vereador, que tomou posse do cargo em 1988, responde na justiça a 14 processos pelo mesmo crime. Em 2014, ele foi preso em flagrante tentando efetuar empréstimo em uma agência de Manaus. Ele também usava documentos falsos. Para o Portal A Crítica, Edmilson negou os crimes e disse que jamais fez empréstimos.


“Ele sempre acusa outra pessoa, sempre faz isso, mas é característica do estelionatário”, contou o delegado.


Edmilson foi preso em cumprimento a mandado de prisão preventiva e deve ficar a disposição da justiça. Ele deve seguir para um presídio da cidade.

FONTE: Portal A Crítica

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados