Segunda, 24 de setembro de 2018
(92) 99183-2565
Economia

21/03/2018 ás 02h14 - atualizada em 21/03/2018 ás 20h05

3.644

Portal Holofote

Manaus / AM

Prefeitura de Manaus lança programa ‘Empreendedorismo nas Escolas’
"Eu vejo com muita alegria esse projeto que vai mudar a cara e a vida de Manaus”, destacou o secretário-chefe da casa Civil, Arthur Bisneto.
Prefeitura de Manaus lança programa ‘Empreendedorismo nas Escolas’
DivulgaçãoMárcio James / Semcom

Mais de 2 mil estudantes serão beneficiados com o ensino do empreendedorismo nas escolas do município. Com esta proposta a Prefeitura de Manaus, por meio das secretarias municipais do Trabalho, Emprego e Desenvolvimento (Semtrad), da Educação (Semed) e do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae–AM), fez a abertura do programa ‘Empreendedorismo nas Escolas’, nesta terça-feira, 20/3, no auditório da Semed, zona Centro-Sul, que vai atender 50 escolas em sete zonas da capital.


“Esse é um programa piloto, e só nessa primeira fase vamos atender dois mil alunos. A partir dessas experiências práticas na educação infantil nós conseguiremos preparar jovens e crianças para um país mais desenvolvido. Eu vejo com muita alegria esse projeto que vai mudar a cara e a vida de Manaus”, destacou o secretário-chefe da casa Civil, Arthur Bisneto.


Ainda segundo ele, o intuito é fazer com que o projeto cresça e seja uma realidade para mais crianças. “Esse projeto piloto vai atender estudantes do 6º ao 9º ano e tem a ideia de crescer progressivamente e atingir o máximo possível de crianças em Manaus, porque é um projeto que tem tudo pra dar certo”, afirmou.


Lançado no final do ano passado, dentro do Programa Manaus Mais Empreendedora, o programa ‘Empreendedorismo nas Escolas’ tem o objetivo de ensinar aos estudantes as metodologias de como ser um empreendedor.


Para a secretária da Semtrad, Ananda Carvalho, o programa vai além do ensino técnico de ferramentas. “Esse projeto é um divisor de águas em termos de políticas públicas ao levar a disciplina de empreendedorismo para a educação básica. Os alunos vão aprender a como desenvolver projetos, mas sobre tudo, ter uma mente mais empreendedora, uma visão de mundo mais ampla. Nós sabemos que nem todos vão ser empresários, mas eles terão outra visão de mundo independente da profissão que eles escolherem”, argumentou.


Semtrad, Semed e Sebrae já realizaram os trabalhos de diagnóstico e discussão do que será o projeto-piloto do programa. Inicialmente, o projeto começará por 18 escolas distribuídas em todas as zonas da cidade, envolvendo alunos do 6º ao 9º ano. A primeira sensibilização será com os assessores pedagógicos e professores com a palestra desta terça-feira. Também estarão envolvidos servidores da Semtrad que participam da gestão do programa.


A subsecretária municipal de Gestão Educacional, Euzeni Trajano, ressaltou a transversalidade do programa e como se alinha ao que a Semed já vem desenvolvendo. “A Semed já trabalha com a educação financeira dentro do currículo da rede municipal de ensino, e houve uma necessidade de que os alunos saiam do ensino fundamental já com a ideia do empreendedorismo. Então o projeto vem trazer uma nova perspectiva de vida para que esses alunos tenham a possibilidade de conhecerem ações que vão coloca-los, num futuro próximo, na linha de frente ao mercado de trabalho”, disse.


O Sebrae foi a instituição vencedora do edital de seleção para executar o programa em Manaus. Com tradição na formação empreendedora, a entidade já desenvolve programa semelhante voltado para jovens: o Jovens Empreendedores Primeiros Passos (JEPP), mas irá executar uma nova metodologia para este programa do Empreendedorismo e Educação Econômica para Jovens.


Para a analista de Educação do Sebrae, Jeane Dias, o trabalho pretende levar cada aluno a descobrir suas habilidade de forma divertida e lúdica. “Através do Empreende Manaus o Sebrae vai trabalhar o empreendedorismo nas escola para alunos do 6º ao 9º ano. Os cursos começam no dia 16 de abril em diversas zonas da cidade com uma metodologia rica em oficinas, de forma lúdica, onde eles vão aprender brincado sobre várias áreas de atuação até o reconhecimento pessoal do talento de cada um”, disse.


A programação ainda contou com a palestra do administrador Durval Braga Neto sobre “A nova educação criativa e empreendedora” para mais de cem servidores da educação da Semed.

FONTE: Semcom

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados