Quinta, 26 de abril de 2018
(92) 98115-8357
Saúde

21/03/2018 ás 02h10 - atualizada em 21/03/2018 ás 20h02

5.500

Portal Holofote

Manaus / AM

Manaus contabiliza 20 suspeitas de sarampo
Primeiro boletim epidemiológico sobre casos de sarampo foi divulgado nesta terça (20).
Manaus contabiliza 20 suspeitas de sarampo
Arquivo/Internet

A Sala de Situação, instalada pela Prefeitura de Manaus por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) para monitorar casos suspeitos de sarampo, divulgou nesta terça-feira, 20/3, o primeiro Boletim Epidemiológico do Monitoramento dos Casos Suspeitos de Sarampo em Manaus. De 9 de fevereiro a 20 de março de 2018, foram notificados 22 casos suspeitos da doença. Deste universo, um caso foi imediatamente descartado, enquanto os outros 21, sob investigação, aguardam a liberação dos resultados de exames encaminhados ao Laboratório de Referência da Fiocruz, no Rio de Janeiro.


A partir das confirmações dos primeiros casos de Sarampo registrados na capital de Boa Vista, no vizinho estado de Roraima, extremo norte do país, o planejamento das ações de controle e de promoção à saúde foi definido pelos profissionais especialistas no Departamento de Vigilância Ambiental e Epidemiológica da Semsa.


Entre as ações desencadeadas, com base ao protocolo do Ministério da Saúde (MS), destaca-se a ampliação da área de busca ativa de casos e de pessoas a terem sua situação vacinal avaliada e, posteriormente, vacinadas.


Em Manaus, equipes da Estratégia de Saúde da Família, iniciaram a chamada varredura vacinal nas áreas dos bairros de Santa Etelvina, Monte das Oliveiras e Lagoa Azul (zona Norte) e São Geraldo (zona Sul) onde os primeiros casos foram notificados, com estimativa de investigação de 7.540 pessoas até o próximo dia 28 de março.


Segundo as ações desenvolvidas, do total de casos suspeitos notificados, apenas sete (36,8%) apresentaram comprovação vacinal. Em relação à faixa etária, oito casos (36,4%) são menores de um ano (fora da faixa etária preconizada para vacinação). Dez casos (45,5%) possuem idade entre um a cinco anos e, quatro casos (18,2%) são da faixa etária de 19 a 45 anos. Quanto à localização (residências) desses casos, 17 são da área do Distrito de Saúde Norte (77,3%). Os Distritos Oeste e Sul contribuíram com dois casos cada (ambos com 9,1%) e o Distrito de Saúde Leste, com 01 caso apenas (4,5%). Quanto à questão de gênero, 12 casos notificados pertencem ao sexo feminino (54,5%) e 10 casos, são do sexo masculino (45,5%).


Sobre o Sarampo


É uma doença viral, infecciosa aguda, potencialmente grave, transmissível, extremamente contagiosa e bastante comum na infância. A transmissão ocorre de forma direta, por meio de gotículas expelidas ao tossir, espirrar, falar ou respirar, podendo ocorrer a partir de seis dias antes até quatro dias depois do início do exantema, por isso a elevada contagiosidade da doença. Também tem sido descrito o contágio por dispersão de aerossóis com partículas virais no ar, em ambientes fechados, como escolas, creches e clínicas.


Considera-se caso suspeito de Sarampo, toda pessoa que, independente da idade e da situação vacinal, apresentar febre por mais de três dias e exantema acompanhados de um ou mais dos seguintes sinais e sintomas: tosse e/ou coriza e/ou conjuntivite; ou todo indivíduo suspeito com história de viagem ao exterior nos últimos 30 dias, ou de contato, no mesmo período, com alguém que viajou ao exterior.


Cobertura Vacinal


Nos anos de 2014 e 2015, as ações de vacinação para Manaus superou a cobertura vacinal da Tríplice Viral em crianças de 1 ano, tendo alcançado 105,66% e 96,70%, respectivamente, cuja meta é de 95%. Em 2016, a cobertura foi de 86,98 e de 76%, em 2017.


Em 2018, a Secretaria Municipal de Saúde está mobilizando os serviços municipais de saúde por meio das Salas de Vacina a intensificarem a vacinação em todos os grupos prioritários a receberem a vacina contra o Sarampo.


Em Manaus os últimos casos confirmados da doença foram registrados no ano de 2000, com apenas dois casos e de Rubéola, no ano de 2006, com o registro de um caso.

FONTE: Semcom

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados