Terça, 18 de dezembro de 2018
(92) 99183-2565
Cidades

28/02/2018 ás 18h59 - atualizada em 01/03/2018 ás 20h19

13.296

Portal Holofote

Manaus / AM

Governo anuncia repasse de R$ 480 mil para assistência a imigrantes venezuelanos em Manaus
Atualmente, 149 indígenas venezuelanos estão abrigados na capital amazonense. Novos imigrantes devem ser enviados para capital nos próximos dias.
Governo anuncia repasse de R$ 480 mil para assistência a imigrantes venezuelanos em Manaus
Manaus tem recebido imigrantes venezuelanos desde ano passado (Foto: Reprodução/Rede Amazônica)

Após governo federal anunciar a transferência de 180 imigrantes venezuelanos de Roraima para o Amazonas, o Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) informou que repassará R$ 480 mil para a Prefeitura de Manaus. O recurso ainda não tem data prevista para ser repassado e deverá ser usado para assistência aos venezuelanos que devem chegar à cidade nos próximos dias. As informações foram confirmadas nesta quarta-feira (28).


O Ministério do Desenvolvimento Social informou que já está tramitando o processo para o repasse do rescurso do Fundo Nacional de Assistência Social (FNAS) para o Fundo Municipal de Assistência Social de Manaus.


“O repasse permitirá a execução de ações socioassistenciais. A prefeitura de Manaus já foi informada sobre o trâmite do processo. O MDS informa ainda que, em julho de 2017, efetuou repasse de R$ 720 mil para o município. Os recursos foram utilizados para a estruturação de abrigos temporários, despesas de custeio, como compra de materiais de consumo, contratação de equipe técnica, capacitação para acolhimento, aluguel de espaço, entre outros”, afirmou em nota o MDS.


Por meio da Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Direitos Humanos (Semmasdh), a Prefeitura de Manaus disse que ainda não foi comunicada oficialmente sobre esse repasse, mas já recebeu a informação de que o recurso estará disponível nos próximos dias.


"Vale esclarecer também que o valor de R$ 480 mil se refere ao montante de R$ 1,2 milhão, prometido pelo Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) para o acolhimentos dos indígenas venezuelanos da etnia Warao, tendo o órgão repassado, até o momento, apenas a quantia de R$ 720 mil. Ainda não houve sinalização de novos recursos federais para recebimento de novos venezuelanos na capital amazonense", informou a Semmasdh.


Ainda de acordo com a a Semmsadh, o repasse de R$ 480 mil será utilizado para a manutenção das três casas de acolhimento (aluguel, alimentação, higiene, limpeza e ações de saúde) que hoje acolhem 140 indígenas Warao",


Transferência


A transferência do grupo de imigrantes venezuelanos foi anunciada no dia 21 deste mês pelo ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha. Segundo o ministro, nos próximos dias o governo federal dará início ao processo de transferência de venezuelanos que estão em Roraima para outros estados brasileiros.


O Amazonas e São Paulo serão primeiras cidades a receber os imigrantes. Manaus receberá 180 imigrantes venezuelanos e São Paulo 350 pessoas.


A crise política e a escassez de alimentos na Venezuela provocaram a migração de venezuelanos para o Brasil. Roraima lida desde 2015 com a chegada desenfreada de venezuelanos, que estão deixando o país para escapar da crise política, econômica e social. Em 2017, foram registrados 17.130 pedidos de refúgio pela Polícia Federal.


Em busca de sobrevivência, os índios da etnia Warao da Venezuela começaram a migrar para capital amazonense no início do ano passado. Os imigrantes chegaram a acampar nas ruas e na Rodoviária de Manaus. O intenso processo de imigração levou a Prefeitura de Manaus decreta situação de emergencial social.


Na capital do Amazonas, um alojamento foi criado para receber os indígenas e imóveis foram alugados para abrigar famílias de imigrantes venezuelanos.


Atualmente, 149 indígenas venezuelanos estão abrigados na capital amazonense. Do total de imigrantes, 50 ficam em um abrigo no Centro da cidade. O restante está distribuído em outros dois abrigos, na Redenção e no Vale do Sinai. Os gastos com alimentação, higiene são todos custodiados pelo poder público.

FONTE: G1-AM

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados