Terça, 20 de fevereiro de 201820/2/2018
(92) 98115-8357
Muito nublado
24º
25º
29º
Manaus - AM
dólar R$ 3,24
euro R$ 4,01
CAMP GOV AM - FEV 2018 - 01
POLÍCIA
FIlho de major da PM comanda espancamento de três guardas municipais no Parque dos Bilhares
Os servidores municipais identificados como R. Alves, Marcos Ferreira, e um terceiro, conhecido como Pimentel, faziam o patrulhamento motorizado no Parque quando sofreram a agressão.
Portal Holofote Manaus - AM
Postada em 05/02/2018 ás 19h51
FIlho de major da PM comanda espancamento de três guardas municipais no Parque dos Bilhares

Fotos: Divulgação

 


Três guardas civis metropolitanos foram agredidos na tarde do último domingo, 4, no Parque dos Bilhares, Zona Centro-Sul de Manaus. O filho de um major da Polícia Militar do Amazonas é acusado de comandar o ato, considerado de extrema violência e covardia por um grupo de pessoas que testemunhou o episódio.


Os servidores municipais identificados como R. Alves, Marcos Ferreira, e um terceiro, conhecido como Pimentel, faziam o patrulhamento motorizado no Parque quando sofreram a agressão.


O filho do major e outros dois homens partiram para a agressão quando os guardas civis metropolitanos advertiram que eles não podiam urinar ao ar livre como estavam fazendo. Os servidores agredidos ainda chegaram a orientar os três rapazes que eles fossem ao banheiro do Parque dos Bilhares fazer suas necessidades e não abertamente, daquele jeito.


Depois da agressão com chutes e murros, os guardas civis metropolitanos foram socorridos e levados para o Hospital e Pronto Socorro Dr. João Lúcio, na Zona Leste da cidde.


Uma guarnição da 22ª Companhia Interativa Comunitária prendeu os autores da agressão, que foram apresentados no 12º Distrito Integrado de Polícia (DIP). O agressor, que disse ser filho de um major da Polícia Militar e que seu pai era diretor de uma unidade escolar da corporação, também estava armado com um "soco inglês".


Os acusados prestaram esclarecimentos e foram liberados. Os guardas civis metropolitanos também foram ouvidos como vítimas no inquérito instaurado no 12º DIP.

FONTE: Portal do Zacarias
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
imprimir
29.096
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados