domingo, 20 de outubro de 2018
(92) 99183-2565
Cidades

07/01/2018 ás 04h24 - atualizada em 09/01/2018 ás 09h51

15.099

Portal Holofote

Manaus / AM

Caixa de padaria contagia clientela pela alegria e simplicidade em Manaus
Há 30 anos, caixa Vânia Raimunda Ferreira da Costa, 54, transforma o dia dos clientes apenas com o sorriso e simpatia. “Precisamos de mais amor, compreensão e respeito
Caixa de padaria contagia clientela pela alegria e simplicidade em Manaus
Vânia recebe a todos com esse sorriso largo no rosto e alegra o dia de qualquer um (Foto: Herlam Pechar/Freelancer)

 


Não importa à hora, o dia ou o seu estado de espírito. Se você se deparar com a caixa Vânia Raimunda Ferreira da Costa, 54, vai conseguir esquecer, no mesmo momento, os problemas e angústias do dia a dia. Isso porque ela tem a capacidade de contagiar todo o mundo ao redor com a sua alegria e simpatia. É o que afirma quem a conhece.


“Todas as vezes que chego, ela está com o sorriso na cara, atendendo bem os clientes. E não é uma coisa forçada, é o jeito dela mesmo. Isso é contagiante. Nem parece que ela tem problemas e só de vê-la a gente também esquece que os têm. Manaus precisa de mais pessoas assim”, afirma a economista Aurelita Araújo, 39.


Ela frequenta há mais de 20 anos a panificadora e confeitaria Eliza, no bairro Adrianópolis, Zona Centro-Sul, onde Vânia trabalha há mais de 30 anos. E diz que, neste período todo, nunca viu a caixa agindo de outra forma. “Nunca cheguei aqui que ela não tivesse sorrindo e tratando todo o mundo com carinho”, afirma.


O advogado Cid Loureiro, 70, é outro que conhece Vânia, por frequentar a panificadora Eliza, há muitos anos e conta que ela continua agindo da mesma forma desde que a conheceu. E de tão simpática que ela é se tornou uma amiga. “É uma querida. Não tem nem palavras para descrevê-la”, disse.


Para Vânia, poder mudar para melhor o dia de quem se depara com ela é uma alegria e satisfação sem tamanho. “É por conta dos clientes que estamos no mercado de trabalho, mas não são só eles que eu trato bem. Para mim, todas as pessoas merecem ser tratadas com respeito e dignidade sempre”, declara.


A caixa diz que não podemos formar impressões antecipadas e distorcidas de ninguém. Se as pessoas olhassem mais na cara uma das outras, procurasse saber quem são para poder julgar, o mundo seria melhor. “Precisamos de mais amor, compreensão e respeito para poder melhorar as coisas”, garante.


Para Vânia, o tratamento com respeito, não importando a ocasião e o momento, reflete em gentileza. “Tem alguns clientes que chegam com a cara fechada, são ignorantes, mas isso não influencia no meu modo de atender e sempre acontece de eles virem pedir desculpa depois, ou seja, reconhecem que estavam errados. Acredito que isso influencia em seu modo de se comportar dali em diante”, avalia.


Problemas


Quem ver Vânia sempre com alto astral, não imagina os problemas que teve e tem para enfrentar. Desde que o pai faleceu, ela cuida de toda a família, inclusive da mãe de 73 anos que tem depressão e toma remédio controlado.


Ausência afeta colegas


Não é apenas o cliente que sente falta quando a caixa Vânia Raimunda Ferreira da Costa, 54, não vai trabalhar. Ou que se sente contagiado com o seu alto astral. Os colegas de trabalho também experimentam as mesmas sensações.


A atendente Ana Gama, 52, conta que a alegria e o bom humor de Vânia deixa todos ligados no 220. “Quando ela não vem trabalhar todos sentem falta da presença dela porque ela é uma pessoa muito alegre e ilumina todo o ambiente”, disse.


A caixa Simone Romano, 34, diz que trabalhar ao lado de uma pessoa como a Vânia é uma felicidade. “Às vezes a gente estar para baixo por causa de algum problema, mas quando nos deparamos com a animação dela tudo muda”, afirma.


A mesma opinião tem a caixa Gleicy Fernandes, 29. Conforme ela, ninguém fica triste diante da espontaneidade de Vânia. “A alegria dela nos deixa feliz não importa o momento que estamos passando. Ela faz tudo parecer tão simples”.

FONTE: Portal A Crítica

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados